Celebridades
Descrição de chapéu Folhajus

Polícia investiga morte de musa do Carnaval do Rio de Janeiro

Escola de samba São Clemente homenageou Tuane Rocha

Tuane Rocha, musa da escola de samba São Clemente, no Rio Foto: tuanerocha no instagram - Instagram/Tuane Rocha
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A Polícia Civil investiga as circunstâncias da morte da musa do Carnaval do Rio de Janeiro e da escola de samba São Clemente, Tuane Rocha, 38. Ela foi encontrada no banheiro da sua casa, em Taquara, zona oeste da capital carioca.

Segundo a polícia, o caso é investigado pela 32ª DP (Taquara), que fez perícia no local e diligências para esclarecer a morte de Tuane. A polícia não informou se ela sofreu um acidente doméstico.

No Instagram, a loja da musa, Razô Girls, publicou uma mensagem lamentando a morte da musa. "É muito difícil encontrar palavras para o que estamos sentindo nesse momento. É com muito pesar e tristeza que comunicamos o falecimento da nossa Girl Boss Tuane Rocha, uma mulher intensa, cheia de brilho e de uma luz sem igual."

A filha de Tuane, que faz intercâmbio na Austrália, postou uma foto ao lado da mãe em uma rede social com a mensagem: “Para sempre, te amo”. A São Clemente também homenageou a musa publicando uma foto dela ao lado do presidente administrativo da agremiação, Renato Almeida Gomes, elogiando Tuane.

"Tuane foi uma das pessoas mais marcantes quando falamos das musas e destaques da São Clemente. Foram vários carnavais representando muito bem a nossa escola, com um papel fundamental no desenvolvimento de muitas meninas da nossa comunidade. Vai fazer uma falta imensa, mas será sempre lembrada por cada integrante da São Clemente. Ficam as melhores lembranças de uma pessoa muito especial."

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem