Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Zezinho Corrêa, da banda Carrapicho, apresenta melhora, mas continua internado

Músico foi levado à UTI no início do mês após contrair Covid-19

Zezinho Correa, vocalista do Carrapicho - Instagram/zezinhocorrea_oficial
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Zezinho Côrrea, 69, vocalista do grupo Carrapicho, apresentou melhora em seu quadro clínico, segundo informações de sua assessoria. O artista, que foi hospitalizado por causa da Covid-19, está no momento com sedação mínima e já respira sem aparelhos.

Segundo a assessoria, ele teve uma melhora mais acentuada no último dia e, além de respirar espontaneamente, também já está sem medicamentos vasoativos. “Pressão, temperatura e saturação estão estáveis pelo próprio corpo”, afirmou o assessor ao F5.

Zezinho foi internado na UTI do Hospital Samel, em Manaus, no dia 7 de janeiro, após contrair Covid-19. A família do cantor usou as redes sociais para agradecer “de todo o coração” aos fãs e amigos do músico pelas mensagens de apoio, carinho e amor”.

O grupo Carrapicho ficou famoso pelo Brasil e Europa com músicas como “Tic Tic Tac” e “Vermelho”, nos anos 1990 com o álbum “Festa de Boi Bumbá”. Apesar de terem se separado, os componentes do grupo se reuniram em 2014 para comemorar seus 30 anos de história.

Foi revelado neste sábado que o cantor Gilberto Gil e sua mulher, Flora, também tiveram diagnóstico para o novo coronavírus. No caso deles, o entanto, a confirmação da doença aconteceu em dezembro e eles já estão recuperados.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem