Celebridades
Descrição de chapéu instagram Facebook

Tiago Leifert critica Instagram por remover vídeo de Felipe Neto furando quarentena

'Não tem como enquadrar [a publicação] em discurso de ódio', diz apresentador

Tiago Leifert na sala do BBB - Victor Pollak/Globo
São Paulo

O apresentador Tiago Leifert, 40, criticou o Instagram por remover vídeo publicado na rede social pelo jornalista Rica Perrone que mostra o youtuber Felipe Neto jogando bola na noite desta segunda-feira (28), no Rio de Janeiro. Defensor do isolamento social e contra aglomerações, o youtuber foi alvo de polêmica por ser flagrado furando a quarentena e pediu desculpas.

Segundo aviso do próprio Instagram, o vídeo foi retirado do ar por ter "símbolos ou discursos de ódio". Tiago Leifert afirmou, porém, que não havia nada na publicação que justificasse a medida e que a atitude da rede social é "extremamente perigosa" por cercear a liberdade de expressão.

Você pode concordar ou discordar de Felipe Neto ou de Rica Perrone. I don’t care [eu não me importo]. Mas acho EXTREMAMENTE perigoso o Instagram remover um vídeo sob pretexto de 'discurso de ódio' sendo que o vídeo não tinha nenhuma palavra que se encaixasse em discurso de ódio, mas nem se esforçando muito. Não era sobre raça/religião/gênero. Nada. Não tem como enquadrar em discurso de ódio. O que está acontecendo, Instagram? Tenho certeza que o próprio Felipe, um defensor das liberdades e da democracia, discorda desse ban[imento]", escreveu o apresentador, em seu perfil na rede social.

Também no próprio Instagram, Leifert publicou vídeos em que afirma passar o dia inteiro desmentindo fake news, e que já fez várias denúncias, que nunca surtem efeito. "Não estão nem aí, é todo dia uma notícia falsa, eu tento denunciar e não acontece nada, mas para tirar certos conteúdos que facilidade, hein, Instagram, que rapidez no gatilho."

Perguntado pelo F5, o Instagram afirmou que não vai se pronunciar sobre as críticas de Leifert. Já sobre o vídeo ter sido removido, a empresa informou que faz uma investigação sobre o motivo do ocorrido.

O vídeo continua no ar em outros perfis da rede social e no Twitter. Nele, são exibidas imagens de Felipe Neto jogando futebol com amigos. É possível ouvir o autor das imagens, amigo de Perrone, sendo abordado por um segurança que afirma que ele está constrangendo o youtuber. O autor do vídeo nega e segue gravando. "Ele é uma figura pública".

Boninho, diretor de programas como o Big Brother Brasil e The Voice, da Globo, concordou com a crítica feita por Tiago Leifert: "Liberdade sempre! Que feio Instagram".

Perrone também se indignou com a ação da empresa. "Uma pergunta de 1 milhão de dólares. Por que o Instagram deletou meu vídeo sobre o Felipe Neto? Ele está no YouTube. Tem algum discurso de ódio ali? Estão entendendo como o jogo é jogado entre os feijões da mesma concha? Triste."

ENTENDA

Flagrado disputando uma partida de futebol com amigos na noite desta segunda (28), Felipe Neto se desculpou com os seus seguidores. "Errei. Decidi jogar um último futebol do ano. Como goleiro, indo e voltando de máscara, sem contato com ninguém e passando álcool em tudo. Ainda assim, é um erro", escreveu. "Não cometerei novamente até a vacina. Peço perdão pelo mau exemplo", escreveu ele no Twitter.

Felipe Neto também tuitou dizendo que irá respeitar os 14 dias de isolamento recomendados após exposição ao vírus. Mesmo sem sintomas ou certeza de que foi contaminado, o youtuber afirmou que prefere se resguardar pelas próximas semanas.

"Farei 14 dias de isolamento total após ter jogado, para que absolutamente ninguém corra qualquer risco caso eu tenha pegado alguma coisa, o que é totalmente improvável. Vale ressaltar que eu me testei antes (como venho fazendo semanalmente), com resultado negativo. Agora vamos em frente."

Rica Perrone afirmou que Felipe Neto mentiu ao dizer que jogou uma única vez. No Twitter, ele compartilhou o vídeo e escreveu: "Mentira. Eu jogo do seu lado e quem te filmou hi meu amigo. Você jogou MUITAS vezes na pandemia. Eu vi. Nem sempre seu segurança manda parar de filmar E consegue igual hoje." (sic)

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem