Celebridades

Buddy Valastro detalha acidente sofrido no boliche: 'Estourou metade da minha mão'

Confeiteiro diz que perfuração resultou em 'sangue por toda parte'

Buddy Valastro publica foto em hospital após acidente
Buddy Valastro publica foto em hospital após acidente - Instagram/buddyvalastro
São Paulo

Finalmente, o confeiteiro Buddy Valastro, 43, estrela do reality americano Cake Boss, deu mais detalhes sobre o acidente que ele sofreu durante um jogo de boliche. Ao programa Today Show, contou que teve uma perfuração séria na mão que causou um susto tremendo.

“A máquina estava presa e eu fui atrás para consertar a máquina. Eu virei minha cabeça por um segundo, e minha mão direita ficou presa entre um garfo. E então essa outra haste que passa pelo garfo perfurou meu dedo médio e meu dedo anelar. E não era um objeto pontiagudo. Foi direto, apenas estourou metade da minha mão”, contou ele.

De acordo com ele, o que se viu desse momento em diante foi muito sangue. “Havia sangue por toda parte. Eu estava preso. A máquina estava indo e voltando. Mas algo me disse para ficar calmo”, contou o apresentador que revelou que teve essa atitude para não assustar os filhos, a quem pediu para que o tirasse daquele lugar.

Com a ajuda do irmão de Valastro, um bombeiro, os filhos cortaram a barra de metal com uma serra para soltar a mão do padeiro. “As orações e o apoio de todo o mundo me fizeram sentir muito especial. Isso me dá vontade de lutar para ficar melhor para eles. Isso me faz querer ser o homem que eu era”, concluiu.

O padeiro revelava no dia 23 de setembro ter sofrido um “acidente terrível” há alguns dias. O confeiteiro norte-americano publicou uma foto no seu perfil no Instagram em que aparecia em uma cama de hospital e com um dos braços enfaixado.

Na legenda, ele escreveu: “Eu me envolvi em um acidente terrível alguns dias atrás. O que vocês acham do meu novo acessório?” Valastro não tinha dado detalhes do que aconteceu. Pessoas de todo o mundo, inclusive do Brasil, comentaram na imagem desejando que ele se recuperasse logo.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem