Celebridades

Brasileira do programa 90 Dias para Casar é detida por agentes da imigração nos EUA

Larissa Lima foi solta logo após a detenção ocorrida neste sábado

A modelo brasileira Larissa Lima durante live no CamSoda
A modelo brasileira Larissa Lima durante live no CamSoda - Reprodução/CamSoda
São Paulo

A brasileira Larissa Lima, que participou do reality americano “90 Dias para Casar”, foi detida no sábado (19) por agentes da imigração quando fazia a mudança de sua casa em Las Vegas para Colorado Springs, nos Estados Unidos. Poucas horas depois ela divulgou em suas redes sociais que já tinha sido liberada.

Segundo o site americano TMZ, Larissa e namorado Eric Nichols estavam trabalhando na mudança quando foram surpreendidos por agentes que levaram Larissa para um centro de detenção. A publicação afirmou não estar claro o motivo da detenção, mas Larissa contou depois que os agentes foram gentis e ela já estava liberada.

​Larissa já havia sido detida outras vezes, o que chegou a ser mostrado no programa “90 Dias para Casar”, veiculado no Brasil pelo canal TLC e que mostra a ida da modelo para os EUA para viver com então marido Colt Johnson. Ele mesmo chegou a acionar a polícia durante brigas do casal, acusando-a de violência doméstica.

Mais recentemente, Larissa também virou notícia ao afirmar que já gastou em torno de R$ 350 mil para se parecer com Kylie Jenner. A lista de procedimentos feitos por ela inclui seios, dobrando o tamanho das próteses, e modelagem do nariz, realizadas em fevereiro. Em agosto, vieram novas intervenções, como lipoaspiração.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem