Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Romana Novais conta que passou mal em primeira vez com Alok: 'Teve que me socorrer'

Médica e DJ se casaram em cerimônia aos pés do Cristo Redentor em janeiro de 2019

Romana Novais fala sobre primeiro encontro com Alok - Instagram/romananovais
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Romana Novais, 28, respondeu a perguntas de internautas usando a função Stories, do Instagram, neste sábado (6). A médica contou detalhes de sua relação com Alok, 28, dizendo que desde o princípio sabia que o DJ era o homem de sua vida. "Só teve um momento que esperei ele ter a mesma certeza que eu. Preferi esperar porque tinha certeza absoluta, eu sentia. Deus falava comigo a todo momento", relembrou.

Um seguidor mais curioso quis saber se o casal transou na primeira vez em que saiu. Novais confidenciou que eles só foram dar o primeiro beijo no segundo encontro e contou uma história inusitada. "Não namoramos de primeira, demorou alguns encontros. Sou difícil! Mas aconteceu uma coisa muito engraçada... Eu passei mal na hora, minha pressão caiu, fiquei pálida, ele teve que me socorrer bem no ato", revelou.

Uma internauta perguntou sobre ciúmes e Novais foi só elogios ao marido. "Sempre achei que fosse muito ciumenta também, até eu me relacionar com o Alok e saber que isso depende do seu parceiro. Ele me deixa na paz! Então o ciúmes que tenho é saudável". A médica afirmou ainda que o casal não tem o hábito de dividir as contas porque, nas palavras dela, "tudo que é meu, é dele".

Alok e a médica se casaram em janeiro de 2019 aos pés do Cristo Redendor com o nascer do sol. Na cerimônia reservada para as 30 pessoas mais próximas do casal, todos, inclusive o noivo, vestiram branco. Um ano depois, Novais deu à luz, Ravi, primogênito do casal, por meio de um parto humanizado, em São Paulo.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem