Celebridades

Ex-amante de André Marinho vai à justiça pedir pensão ao cantor, diz colunista

Músico do grupo Br'Oz diz que tem comprovantes de todos os pagamentos feitos à filha

André Marinho em #LiveDoBroz
André Marinho em #LiveDoBroz - Instagram-22.mai.2020/andremarinho_
São Paulo

André Marinho, 41, está sendo processado na justiça por Tatiane Peixoto, com quem tem uma filha de um ano, fruto de um relacionamento extraconjugal. O ex-integrante do grupo Br'Oz é casado com a bailarina Drika Marinho, sua companheira na última edição do reality Power Couple 2019 (Record TV).

A informação foi dada pela colunista Fábia Oliveira do jornal O Dia nesta quinta-feira (11). De acordo com a publicação, Peixoto pede um acordo extrajudicial referente ao valor da pensão. Ela busca definir uma data e quantia para o pagamento.

Segundo ela, Marinho havia pagado diferentes valores para a ex-amante em prazos não estabelecidos judicialmente, por se tratar de um caso fora do seu casamento. Tatiana Peixoto alega que o músico está em débito há meses. Marinho nega e afirma que a pensão está paga. "Tenho todos os comprovantes de todos os depósitos. Na justiça vamos ter a oportunidade de homologar os alimentos e definir direitos e deveres. Isso incluindo as visitas, que como pai tenho direito", rebate ele.

Os dois não se veem desde agosto do ano passado, de acordo com a coluna. André Marinho fez um show em Porto Alegre e acabou se hospedando duas noites na casa de Tailane Peixoto para ver a filha.

Vale lembrar que ele ainda é pai de mais duas crianças, estas que são frutos do seu casamento com a ex-bailarina do Domingão do Faustão, Drika Marinho. Os dois estão juntos há 15 anos. Na época que estourou a polêmica, a relação do casal ficou estremecida. Marinho chegou a voltar para a casa dos pais.

Tatiane Peixoto disse que vida se tornou um inferno após a bomba. "Não consigo ter paz. As pessoas estão me atacando. Eu era solteira. Sempre fui. Eu não destruí família de ninguém”, escreveu a ex-amante do músico nas redes sociais.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem