Celebridades

'Deveriam deixar nossos corpos em paz', diz Titi Müller após ter nude removido

Foto da apresentadora mostrando barriga de grávida foi censurada pelo Instagram

Titi Müller republica nude que foi denunciada por atividade sexual
Titi Müller republica nude que foi denunciada por atividade sexual - Instagram-14.mai.2020/titimuller_
São Paulo

A apresentadora Titi Müller, 33, republicou uma foto em que aparece nua mostrando a barriga de grávida após ser notificada pelo Instagram de que estava infringindo às regras. A imagem havia sido publicada no perfil dela no dia 9 de maio, mesmo dia em que houve a remoção.

"Removemos seu (sua) publicação porque ele (a) viola nossas diretrizes da comunidade sobre nudez ou atividade sexual. Nossas diretrizes são baseadas em nossa comunidade global, e alguns públicos podem ser sensíves a coisas diferentes", diz mensagem da plataforma à apresentadora após remover a foto.

"Poderiam se preocupar mais com perfis que espalham ódio e fake news e deixar nossos corpos em paz", disse Müller, em seu stories do Instagram nesta quinta-feira (14). Ao republicar a imagem, ela disse: "Tive minha primeira foto denunciada e deletada por 'atividade sexual'. Acho que agora vai". "Não tinha nada aparecendo na foto original", acrescentou.

A apresentadora Titi Müller está grávida de seu primeiro filho, Benjamin, fruto de seu casamento com o músico e vocalista do Scalene Tomas Bertoni. Os dois se casaram em setembro de 2019, em São Paulo. A união foi feita com uma cerimônia civil intimista e celebrada posteriormente com uma festa.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem