Celebridades

Paola Carosella responde internautas após ser criticada por publicação contra Bolsonaro

Chef já havia elogiado João Doria por ações contra coronavírus

Paola Carosella
Paola Carosella - André Giorgi/UOL
São Paulo

A chef e jurada do programa MasterChef Paola Carosella, 47, teve um desentendimento com alguns internautas na noite desta quarta-feira (25) após publicar uma crítica ao presidente Jair Bolsonaro. A discussão começou quando Paola postou a frase: “Fora miliciano genocida. Fora”.

Um dos seguidores então respondeu: “Você não tem o direito de dizer isso, me desrespeita, desrespeita a democracia brasileira, desrespeita os milhões de brasileiros que o elegeram e desrespeita o público que lhe aceitou como brasileira genuína e fez você crescer como profissional que é. Às vezes devemos se calar.”

Paola então rebateu e afirmou “se tem alguém que está faltando o respeito ao Brasil, não sou eu. Te juro. Tem um cara lá, o tal do atleta, esse está fazendo um estrago e tanto”, se referindo ao pronunciamento de Bolsonaro, em que ele disse que por seu história de atleta não sofreria se contraísse o novo coronavírus.

Entre várias, críticas um internauta chegou a dizer que Paola deveria ficar calada. “Nem brasileira você é... Te admiro pelo teu trabalho, mas nem sei onde você vota. Aqui temos um livrinho chamado Constituição”. A chef então respondeu apenas: “Amado, fica calada tua bunda”.

Sempre ativa nas redes sociais, Paola também chegou a elogiar o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) por suas medidas para conter a disseminação do novo coronavírus. “Assim como já critiquei, agora preciso não somente elogiar como agradecer. Parabéns, o sr. está mandando muito bem”, afirmou.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem