Celebridades

Meghan Markle e príncipe Harry viajam sem Archie por medo de coronavírus

Casal nega que está impedindo família real de ver filho, que está no Canadá

Harry e Meghan Markle
Harry e Meghan Markle - BBC News Brasil/PA Media
São Paulo

O príncipe Harry, 35, e Meghan Markle, 38, deixaram seu bebê no Canadá para fazer uma viagem ao Reino Unido, por causa da pandemia de coronavírus.

Segundo o jornal The Telegraph, a duquesa de Sussex se encontrou com 23 jovens acadêmicos no Palácio de Buckingham para uma conversa sobre o covid-19, e acabou respondendo sobre a ausência de Archie, que está com 10 meses de idade.

"A decisão de deixar Archie para trás no Canadá não saiu de despeito, como relatado em alguns lugares, mas por preocupação com sua saúde durante a ameaça de uma pandemia global", escreveu o colunista do Telegraph Bryony Gordon, que participou da reunião.

Durante uma conversa com uma amiga íntima, Markle teria dito que não estava tentando impedir a família real de ver Archie. "Ela disse que não era intencional manter [Archie] afastado, mas não fazia sentido trazê-lo e colocá-lo em perigo", disse uma fonte ao UK's Express.

Harry teria dito à rainha que traria Archie de volta em maio para uma visita, "mas que se o coronavírus aumentar, ele terá que repensar a decisão", disse uma fonte à In Touch.

FORA DA FAMÍLIA REAL

A duquesa Meghan Markle e o príncipe Harry participaram nesta segunda-feira (9) do último compromisso da realeza. Ambos participaram da tradicional missa de Commonwealth Day realizada na Abadia de Westminster.

Harry Meghan Markle vão encerrar seus deveres reais no final do mês enquanto buscam um “novo papel progressivo”, baseados principalmente na América do Norte, e que será financiado por eles mesmos.

Embora Harry continue sendo príncipe, o casal decidiu não utilizar seus títulos de “sua alteza real” —e não utilizará a palavra “real” em suas marcas, embora eles tenham dito que não há jurisdição da monarquia ou do governo que os impeçam de usar a palavra no exterior.

O casal passou a maior parte do tempo no Canadá desde o surpreendente anúncio feito em janeiro. O último compromisso oficial de Meghan Markle era o de visitar a Canada House, em Londres, dias antes do anúncio. O príncipe retornou aos seus compromissos reais no final do mês passado, quando o apresentador do evento disse que as pessoas deveriam apenas “chamá-lo de Harry”.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem