Celebridades

Maluma é chamado de gay por publicar foto com as pernas cruzadas

Seguidores encheram a página do artista de comentários preconceituosos

O cantor colombiano Maluma em foto do documentário "Lo Que Era, Lo Que Soy, Lo Que Seré", sobre a carreira dele
O cantor colombiano Maluma em foto do documentário "Lo Que Era, Lo Que Soy, Lo Que Seré", sobre a carreira dele - Divulgação
São Paulo

Desde o último domingo (13) que o cantor colombiano Maluma, 25, é alvo de uma polêmica. Por publicar uma imagem na qual aparece com as pernas cruzadas em uma poltrona, ele tem sido chamado de gay e recebido comentários homofóbicos.

Seguidores de Maluma encheram a página do artista de comentários preconceituosos. Um deles compara o colombiano ao cantor Ricky Martin, este homossexual assumido. Um outro comentário de um brasileiro diz: "Depois os veadinhos reclamam de homofobia”.

Até parte da imprensa estrangeira comentou de forma discriminatória a foto. O site de notícias venezuelano Notícias24 divulgou a foto do cantor com as pernas cruzadas e perguntava se ele teria “saído do armário”.

Maluma gravou em 2016 um clipe com Anitta: a música “Sim ou Não”. No vídeo, ambos chegam a protagonizar cenas quentes juntos. Um possível romance foi especulado na época, mas nunca confirmado.

Com Madonna Maluma também teve um envolvimento musical. Eles se apresentaram em maio no Billboard Music Awards, premiação de música pop que aconteceu nos Estados Unidos. Eles cantaram “Medellín”.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem