Celebridades

Harry e Meghan Markle deixam de seguir contas no Instagram para evidenciar ONGs

Casal pediu indicações de organizações e pessoas que trabalham para melhorar o mundo

Príncipe Harry e Meghan Markle anunciaram o noivado em novembro de 2017 - BBC News/AP
São Paulo

O príncipe Harry e a duquesa de Sussex Meghan Markle decidiram deixar de seguir todas as contas que antes seguiam através do Instagram "Sussexroyal".

A decisão tem como objetivo dar visibilidade a organizações que ajudam a melhorar o mundo, segundo informa uma publicação da própria conta do casal.

"Para o mês de agosto, procuramos sua ajuda. Queremos saber quem é que te motiva a mudar. Todo mês, mudamos as contas que seguimos para destacar várias causas, pessoas ou organizações que fazem coisas incríveis para suas comunidades e para o mundo todo", escreveram.

Em seguida, eles pedem que os seguidores comentem nomes de pessoas e organizações que "fazem um trabalho incrível e que todos deveríamos seguir".

"Uma conta que inspira você a ser e fazer o melhor (ou que simplesmente faça você se sentir bem); que transborde otimismo para um futuro melhor", especificaram.

A intenção é que, dadas as sugestões, o casal escolha 15 contas do Instagram e passe a segui-las a partir de segunda-feira (12), permanecendo assim durante todo o mês de agosto.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem