Celebridades

Elton John critica difamação 'implacável' de Harry e Meghan Markle na mídia

Cantor diz que ofereceu jato particular ao casal por motivos de segurança

Príncipe Harry cumprimenta cantor Elton John em Londres
Príncipe Harry cumprimenta cantor Elton John em Londres - Paul Hackett-13.nov.2015/Reuters
Jill Serjeant Alistair Smout
Los Angeles e Londres

Elton John manifestou apoio ao príncipe Harry e sua esposa, Meghan Markle, qualificando-os como um casal pé no chão e trabalhador que está sendo atacado injustamente pela mídia por ter usado jatos particulares para visitá-lo no sul da França.

John lembrou sua amizade com a mãe de Harry, a falecida princesa Diana, em uma série de tuítes publicada nesta segunda-feira (19) na qual apelou à imprensa para que pare com os quase diários "assassinatos implacáveis e falsos de seu caráter".

O cantor de "Rocketman" reagia a críticas surgidas no Reino Unido a duas férias recentes do duque e da duquesa de Sussex e de seu bebê de três meses, Archie, à Espanha e ao sul da França, onde o casal se hospedou na vila de John em Nice.

No final de semana, o jornal britânico Sun acusou o casal real --o neto da rainha Elizabeth 2ª e sua esposa e ex-atriz– de ser "guerreiros ecológicos" hipócritas por voarem em jatos particulares apesar de expressarem preocupação com a natureza e a conservação ambiental.

"Dumbo Jet", disse a manchete da edição de domingo do Sun sobre as viagens de Harry e Meghan, com uma foto e uma legenda fazendo piada das "milhas do herdeiro". John disse ter ficado "profundamente aflito com o relato distorcido e maldoso da imprensa" sobre a visita do casal a Nice na semana passada.

Ele acrescentou que ofereceu um jato particular para Harry e Meghan irem à sua casa por motivos de segurança, mas mencionou uma contribuição à entidade Carbon Footprint Ltd, que compensa emissões de carbono financiando projetos ecológicos. Mas alguns ambientalistas disseram que tais viagens deveriam ser afastadas de vez. 

"Um avião de carreira é mais de dez vezes mais poluidor do que um trem moderno, e jatos particulares são dez vezes ainda mais poluidores", disse Paul Morozzo, do Greenpeace britânico. "É de importância vital que todos os que voam com frequência reduzam o número de voos que tomam se for para confrontarmos a emergência climática."

O casamento de Harry e Meghan, em maio de 2018, foi marcado por grandes manifestações de afeto no Reino Unido, mas menos de um ano depois o casal se tornou alvo de uma avalanche de reportagens negativas –dos US$ 3 milhões do custo de uma reforma de sua casa nova aos textos apelidando Meghan Markle de "duquesa difícil".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias