Celebridades

Ariana Grande pede desculpas após fazer piada sobre menina assassinada aos 6 anos

'Foi muito inadequado e eu sinceramente peço desculpas', diz cantora

Cantora Ariana Grande no Met Gala 2019
Cantora Ariana Grande no Met Gala 2019 - Eduardo Munoz/Reuters
São Paulo

A cantora Ariana Grande, 26, pediu desculpas nas redes sociais após fazer uma brincadeira em cima do caso de JonBenét Ramsey, uma criança que foi assassinada aos 6 anos de idade nos Estados Unidos, nos anos 1990.

Doug Middlebrook, amigo da cantora, havia compartilhado no Instagram a foto de uma capa de revista de fofocas com uma foto de Ramsey. Grande então comentou: "Eu mal posso esperar para esse ser o seu look de Halloween". O amigo respondeu: "Trabalhando nisso".

O comentário da cantora viralizou e ela optou por apagá-lo da rede em poucos minutos. Middlebrook também apagou a publicação.

Acusada de ser insensível, a artista se pronunciou na madrugada desta segunda-feira (29). "Eu deletei bem rápido e entendo que isso não é engraçado. Foi muito inadequado e eu sinceramente peço desculpas".

Se por um lado a cantora está sendo alvo desta polêmica nas redes sociais, por outro, ela cresce ainda mais em sua carreira profissional. Recentemente, Grande recebeu dez indicações ao MTV Video Music Awards (VMA), liderando o páreo na premiação voltada ao público jovem.

“Thank u, next”, ode à separação, disputará prêmios como Canção do Ano, Melhor Pop e Vídeo do Ano. Além disso, Grande anunciou seu novo hit "Boyfriend" para esta sexta-feira (2).

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem