Celebridades

Miley Cyrus aparece em fotos ousadas e dá seu recado feminista com EP e campanha pró-aborto

Artista posou de topless com tangerinas nos seios

Miley Cyrus
Miley Cyrus - Andrew Kelly/Reuters
São Paulo

A cantora Miley Cyrus, 26, está mandando o seu recado feminista com a divulgação de seu novo disco "She's Coming". Vídeos que simulam masturbação em um mamão, uma foto de topless com tangerina, entre outras imagens, divulgam as novas canções da artista.

Algumas das fotos, no entanto, são também parte de uma campanha que Cyrus encampou com o estilista Marc Jacobs. Eles estão vendendo bonés cor-de-rosa a US$ 175 (cerca de R$ 670) como forma de arrecadar verbas para Planned Parenthood, organização que está na Justiça contra os estados americanos que passaram a proibir o aborto. 

Em uma das fotos da campanha, ela está de topless, apenas escondendo os seios com metades de uma tangerina. A frase publicada pela artista como legenda "Don't fuck with my freedom" ('Não Foda a Minha Liberdade', em tradução livre) é um dos versos da nova música "Mother's Daughter" do novo EP da cantora. 

Segundo a médica Colleen McNicholas, que trabalha para a Planned Parenthood, as proibições ao aborto que estão ocorrendo nos Estados Unidos são "parte de uma tendência maior do país em criminalizar não apenas o aborto, mas também as pessoas que passam fizeram abortos e os seus médicos", afirmou a especialista em entrevista à revista Elle americana. 

Cyrus já posou para campanhas em prol da Planned Parenthood, em 2016. Suas fotos foram vendidas por US$ 5.500 (cerca de R$ 21 mil) e toda a receita foi destinada aos projetos da organização. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias