Celebridades

Felicity Huffman se declara culpada em escândalo de compra de vagas universitárias

Atriz está entre os acusados de pagar R$ 96 milhões em vagas para filhos

A atriz Felicity Huffman
A atriz Felicity Huffman - REUTERS
Nate Raymond
Boston

A atriz Felicity Huffman, 56, e 13 outras pessoas concordaram nesta segunda-feira (8) em se declarar culpadas de participar do que a acusação têm descrito como o maior escândalo de compra de vagas universitárias da história dos Estados Unidos.

Elas estão entre os 50 indivíduos, incluindo pais ricos e técnicos de times universitários, acusados por procuradores federais em Boston de participar de esquemas que incluíam fraudes em exames de admissão e o pagamento de US$ 25 milhões (R$ 96,6 milhões) para comprar vagas para seus filhos em conhecidas universidades.

Huffman, atriz da série “Desperate Housewives”, está entre os 33 pais acusados em março de participar do esquema com a esperança de conseguir vagas para seus filhos em universidades como Yale, Georgetown e Universidade do Sul da Califórnia.

Procuradores, como parte do acordo, concordaram com uma pena na margem dos quatro a dez meses na sentença de Huffman. Ela também concordou em pagar uma multa de US$ 20 mil (R$ 77,3 mil).

A atriz, casada com o ator William H. Macy, disse em comunicado nesta segunda-feira (8) que está “envergonhada pela dor que causei para minha filha, minha família, meus amigos, meus colegas e para a comunidade educacional”.

Reuters
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias