Celebridades

Após depressão, Sophie Turner diz que dará pausa na carreira e que quer ser policial

'Tirei uma folga do trabalho para me concentrar na minha saúde mental'

A atriz britânica Sophie Turner na première da 8ª temporada de "Game of Thrones"
A atriz britânica Sophie Turner na première da 8ª temporada de "Game of Thrones" - AFP

São Paulo

A atriz Sophie Turner, 23, admitiu que lidou com uma carga horária alta de trabalho com o fim de "Game of Thrones" e que pretende se recolher nos próximos meses.

No podcast do Dr. Phil, "Phil in the Blanks", publicado nesta terça-feira (16), a atriz revelou que passará um tempo sem atuar para recuperar a saúde mental.

"Na verdade, eu ainda estou de folga, tirei uma folga do trabalho para me concentrar na minha saúde mental, porque acho que é importante", disse a jovem conhecida pelo papel de Sansa Stark.

Com a pausa na carreira de atriz, Turner poderá explorar mais as áreas que a fascinam. "Quero fazer um monte de coisas, e não apenas no mundo do cinema. No momento tenho uma vontade real de entrar para uma academia de polícia e me tornar uma policial", revelou. 

"Sou fascinada pelo crime e o porquê de as pessoas fazerem as coisas, o processo interrogatório, e como você pode manipular suas palavras para conseguir que alguém confesse, isso me interessa".

No podcast, a a atriz ainda revelou que os comentários negativos sobre a personagem dela nas redes sociais mexeram com a sua cabeça.

"Eu acreditava em tudo. Eu dizia: 'Sim, eu sou cheia de sardinhas. Eu sou gorda. Eu sou uma má atriz'. Eu ia para o departamento de figurinos várias vezes para apertar bastante o meu espartilho. Eu fiquei muito insegura", explicou.  "Eu não tinha motivação para sair ou fazer qualquer coisa - até com meus melhores amigos. Eu não queria ver eles, eu não queria nem sair para comer".

A atriz ainda disse que chorava ao trocar de roupa e que se limitava a sair, além de perder o desejo por fazer certas coisas. Ela afirma que nunca pensou em cometer suicídio, mas que isso aparecia na sua cabeça.

"Eu digo que eu não estava deprimida quando era mais nova, mas pensava muito em suicídio. Eu não sei porque", explicou Sophie. "Talvez seja uma fascinação estranha que eu tinha, mas sim, eu pensava nisso. Mas eu não acho que eu iria até o fim. Não sei".

Com a ajuda de terapia e tratamento, ela afirma que hoje se sente melhor. "Estou medicada e me amo agora, ou pelo menos me amo mais do que antes".

Além de "Game of Thrones", Turner também estreará em breve como a protagonista de "X-Men: Fênix Negra", que chega aos cinemas em 7 de junho. Na vida pessoal, está de casamento marcado com Joe Jonas, da banda Jonas Brothers. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem