Celebridades

Ângelo Paes Leme visita Caio Junqueira e diz que amigo 'está bem' após acidente de carro no Rio

Secretaria diz que ator de 'Tropa de Elite' permanece em estado grave

Carro em que estava Caio Junqueira quando bateu no Aterro do Flamengo, zona sul do Rio
Carro em que estava Caio Junqueira quando bateu no Aterro do Flamengo, zona sul do Rio - Reprodução /TV Globo
Rio de Janeiro e São Paulo

O ator e cantor Ângelo Paes Leme, 45, visitou no início da tarde desta quinta-feira (17) o amigo, Caio Junqueira, 42, que sofreu um grave acidente de carro na região do Aterro do Flamengo, zona sul do Rio de Janeiro.

Paes Leme ficou por cerca de meia hora no Hospital Miguel Couto. Em conversa com o F5, o ator deu mais detalhes do estado de saúde do amigo, com quem trabalhou em "O Quinto dos Infernos" (Globo, 2002) e em tramas da Record, como "A Lei e o Crime" (2009), "Ribeirão do Tempo" (2010), e José do Egito (2013).

"Sei que ele está estável. O momento mais dramático já passou, apesar de não ter sido um acidente simples. Ele está com a cabeça boa, corpo legal, e a preocupação maior já passou. Ele ficará em observação. O acidente não foi brincadeira, foi sério", afirmou.

"Eu estive hoje [quinta, dia 17] lá e fiquei sabendo que estava tudo bem. Mas cada dia é um avanço na melhora. Acredito que já passou o risco de qualquer coisa pior. Estamos otimistas e a família dele acompanha de perto", completou. São 30 anos de amizade entre ambos.

A Secretaria Municipal de Saúde afirmou na tarde desta quinta que o estado de saúde do ator ainda é grave. Um amigo de Caio Junqueira, que não quis se identificar, afirmou que o ator teve fraturas no fêmur esquerdo e na patela direita. Ele disse ainda que Caio Junqueira está "respondendo bem ao medicamento".

O acidente aconteceu próximo ao Monumento aos Pracinhas, após bater em uma árvore. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o carro capotou.

O mais recente trabalho de Caio Junqueira foi como Ricky na série "O Mecanismo" (Netflix). Ele também interpretou o policial militar Neto Gouveia no filme “Tropa de Elite” (2007), além de atuar em novelas como “O Clone” (Globo, 2001) e “Escrava Isaura” (Record, 2004).

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem