Celebridades

Ariana Grande recusa título de honra oferecido pela rainha Elizabeth 2ª

Por respeito às vítimas do atentado terrorista em Manchester

Ariana Grande dispensou título oferecido pela rainha Elizabeth 2ª
Ariana Grande dispensou título oferecido pela rainha Elizabeth 2ª - AFP

São Paulo

Ariana Grande, 25, decidiu não aceitar o "Damehood', título de honra concedido pela rainha Elizabeth 2ª. A cantora seria homenageada pela realeza britânica por todas as suas ações para ajudar as vítimas do atentado terrorista que aconteceu durante o seu show em Manchester, em maio de 2017. O ataque matou 22 pessoas e deixou centenas de feridos. 

Segundo uma fonte anônima ouvida pelo jornal The Sun, Grande "ficou lisonjeada, mas acha que ainda é muito cedo. Ela explicou que ainda estava de luto."

Ainda de acordo com o jornal, a artista americana ficou com medo da reação das vítimas, que poderiam achar a atitude dela insensível. 

Outra pessoa ouvida pelo The Sun disse que "a cantora ficou profundamente comovida e honrada, mas explicou que não era o momento certo para aceitar a homenagem." 

Além de visitar as vítimas, duas semanas depois do ataque, Ariana Grande voltou à cidade para o show beneficente "One Love Manchester", que reuniu outros artistas como Justin Bieber, Katy Perry, Coldplay e Miley  Cyrus. Os lucros do festival foram destinados às famílias das pessoas atingidas pelo ataque.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem