Celebridades

Após ter vídeo vazado, Felipe Neto afirma que mulher sofre mais nessa situação: 'Humilhada'

Youtuber disse ninguém sabe a dor e o embaraço que ele tem passado

Youtuber Felipe Neto
Youtuber Felipe Neto - Eduardo Knapp/Folhapress

São Paulo

O youtuber Felipe Neto, que teve um vídeo íntimo vazado na internet, na semana passada, falou que as mulheres sofrem consequências mais graves em situação semelhante. 

“Sei que as pessoas estão fazendo piada, o que é o menor dos problemas. Vivemos numa sociedade onde o homem pode mostrar tudo que o máximo que ele vai ouvir é sobre o formato do seu pênis. Já a mulher é humilhada, execrada, demitida, mal vista e xingada”, afirmou ao jornal Extra. 

Vítima de piadas após o vazamento, ele mesmo escolheu responder à divulgação com humor: “Gente eu achei que tinha visto o pior vídeo do mundo quando saiu o 2Girls1Cup, mas depois de vazar meu pinto na internet, eu mudei meus conceitos”, escreveu no Twitter na ocasião. 

Apesar disso, nesta segunda (30), Neto afirmou que ninguém sabe os danos, a dor e o embaraço pelo qual ele tem passado. “Eu optei pela piada porque eu tiro sarro de tudo e não iria me esconder agora. As pessoas só atacam enquanto funciona. Quando o outro lado não liga e faz piada, os ataques desaparecem”, disse. 

Ele também voltou a falar que vai processar os responsáveis pelo vazamento, que ele acredita terem o objetivo de destrui sua imagem. Mas acrescenta que essas pessoas esqueceram que ele tem “a melhor família, os melhores amigos e os melhores fãs do mundo”. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem