Celebridades

Paolla Oliveira tem fotos íntimas vazadas por colega de equipe durante gravação

Globo afirmou que as fotos foram feitas dentro do set

A atriz Paolla Oliveira, 35
A atriz Paolla Oliveira, 35 - Marcus Leoni/Folhapress

Anahi Martinho
São Paulo

Paolla Oliveira, 35, é a mais nova vítima de vazamento de nudes na internet. A atriz teve uma sequência de fotos suas, em que aparece seminua, vazada em redes sociais.

O caso tem um agravante. As imagens foram feitas não apenas sem consentimento da atriz, mas em seu ambiente de trabalho. Na ocasião, Paolla estava gravando cenas da série "Assédio", uma parceria da Globo com a O2 Filmes.

Uma sequência de três imagens mostra a atriz apenas de sutiã, sem roupa na parte de baixo. Em outras duas fotos ela aparece já vestida, como que deixando o local de gravação. Em comunicado enviado à imprensa nesta quinta-feira (1º), a emissora confirmou que as fotos foram feitas dentro do set e disse que vai "aprimorar suas medidas de segurança".

Em seu perfil no Instagram, a atriz se disse explorada e desrespeitada por um colega de trabalho. "Até quando a invasão da privacidade de um ser humano, o desrespeito a um ambiente de trabalho e a atitude desonesta de trair a confiança de colegas de trabalho serão tratados como um ato de esperteza em nossa sociedade? Esta é a pergunta que me faço e gostaria de compartilhar com todos."


LEIA MAIS 

Operador de câmera que fotografou Paolla Oliveira nua confessa crime
Miss se atrapalha ao responder entrevista ao vivo e vira meme
Jogo de celular da saga 'Harry Potter' transforma jogadores em alunos de Hogwarts


Paolla Oliveira afirmou ainda que a pessoa que tirou as fotos é um criminoso e que transformou o trabalho dela em uma oportunidade para tirar vantagens. "Em um ambiente controlado, fechado e profissional, um criminoso resolveu fazer fotos clandestinas de um momento mais sensual da série e divulgar em redes sociais. O que para mim é trabalho se transformou em oportunidade para alguém tentar tirar vantagens. O que esta pessoa ganhou com isso? Dinheiro, fama, cliques, likes, popularidade? Pouco importa. Pois o que ele (ou ela) fez para obter isso é crime previsto na lei." 

Paolla Oliveira afirmou que as autoridades já foram acionadas para que essa atitude seja punida exemplarmente, e qualquer pessoa possa trabalhar dignamente, sem "correr o risco de ter a sua intimidade exposta, explorada, desrespeitada por invasores, covardes e criminosos".

Ela lembrou ainda que em um momento em que todos estamos buscando uma sociedade mais correta, não há mais espaço para considerarmos esperteza o que é um desrespeito. 

No comunicado, a Globo se disse surpreendida pelo vazamento e que não poupará esforços para que sejam identificados os culpados e aplicadas as punições previstas em lei. "A Globo repudia com veemência esse tipo de abuso, que atenta contra os direitos da atriz e viola a privacidade de seus ambientes de trabalho. O ato, que configura crime previsto em lei, também foi informado às autoridades policiais."

A Globo disse ainda que já adota regras rígidas para preservar seus locais de filmagens, seus funcionários e suas obras. Contudo, diante desse fato, a empresa diz que estão sendo aprimoradas as medidas de segurança, com novos procedimentos, que serão ainda mais rígidos em gravações fora dos Estúdios Globo.

Parceira da Globo, a O2 Filmes afirmou estar indignada com o vazamento das fotos que invadiu a privacidade da atriz. "Essa atitude, que invade a privacidade do trabalho da atriz, desrespeita e prejudica a todos os colegas e profissionais envolvidos nessa produção. O ato, que configura crime previsto em lei, deverá ser investigado e o culpado punido."

A produtora afirmou ainda que, como Paolla, quer uma sociedade mais correta, sem espaço para espertezas, desrespeitos e atos covardes.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem