Celebridades

'É pela segurança de nossos filhos', diz George Clooney sobre processo contra revista francesa

George Clooney e sua mulher, Amal Clooney, no festival de Cannes em novembro de 2016
George Clooney e sua mulher, Amal Clooney, no festival de Cannes em novembro de 2016 - Eric Gaillard/Reuteurs


George Clooney, 56, e sua mulher, Amal Clooney, 39, vão processar uma revista francesa por publicar fotos dos seus gêmeos, de apenas dois meses, sem autorização. O ator de hollywood afirma que teve sua privacidade invadida e que as fotos são ilegais.

Com o nascimento de Ella e Alexander, no dia 6 de junho, a família optou por viver longe da movimentação e das câmeras de Hollywood. Hospedados em sua propriedade às margens do Lago de Como, na Itália, os pais se mostraram claramente preocupados em proteger a imagem dos filhos.

De acordo com o site "TMZ", George declarou que os paparazzi da revista "Voici" estavam sendo invasivos. "Escalaram nossa cerca, subiram na árvore, e tiraram, ilegalmente, fotos de nossos filhos dentro da nossa casa."

Capa da revista "Voici" com George Clooney e os filhos
Capa da revista "Voici" com George Clooney e os filhos - Reprodução/"Voici"

George Clooney afirmou que o processo serve para preservar a segurança dos filhos. Na Itália, onde a família se encontra, os paparazzi não podem se esconder ou invadir propriedade privada para fotografar. Ainda segundo o site, a lei francesa também veta essa postura, e somente é permitido no país fotografar figuras públicas quando estas estão em eventos para finalidade jornalística.

Em nota, a "Voici Magazine" afirmou que as fotos foram publicadas como resposta à vontade do público. Além disso, a assessoria da revista alega que as imagens "não colocam em perigo o Sr. Clooney, sua esposa ou seus filhos".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias