Celebridades

'Fora da TV aberta, tudo o que não posso é brigar com ele', diz Galisteu sobre polêmica com Boninho

Adriane Galisteu se colocou em uma saia justa com Boninho, no começo do mês de junho. É que o diretor da Globo não gostou nada de ficar sabendo que uma reunião que teve com a apresentadora vazou, inclusive com um convite para o "Vídeo Show" tendo sido especulado.

Em entrevista ao "Programa do Porchat" (Record), nesta segunda-feira (19), a apresentadora explicou que foi uma coincidência a imprensa ter ficado sabendo do encontro e que em momento algum foi pedir emprego na Globo.

"Eu fui fazer uma reunião com o Boninho. Quando cheguei na entrada do Projac, tinha atrás de mim um editor de um jornal e uma editora de uma revista. Eles perguntaram o que eu estava fazendo lá. Quase que eu respondi que não era eu", contou.

"No dia seguinte, saiu em tudo quanto era lugar que eu estava na Globo. Mas ninguém me ligou para saber o que tinha acontecido. Não era mentira, mas daí a falar que eu ia apresentar um programa... Nem houve um convite", acrescentou.

A apresentadora disse que haveria um segundo encontro com Boninho para discutir alguns projetos, mas que deve ter sido cancelado por causa da polêmica.

"A gente ia ter uma segunda reunião, mas pelo jeito não vai rolar", declarou. "Quero deixar claro que eu não cantei essa nota. E o Boninho foi para o Twitter e fez um comentário como se eu tivesse sido uma pessoa ingrata", completou.

Na ocasião, ele tinha escrito na rede social que a apresentadora queria se promover. "Impressionante o trabalho de marketing. Fui ser gentil e receber a Galisteu a pedido dela, e virou 'um convite da Globo'. Puro jogo de mídia", escreveu pelo Twitter.

Galisteu aproveitou a participação no "talk show" para pedir para ser liberada pelo diretor nas redes sociais. "Boninho, me desbloqueia. Eu adoro você, não tenho nenhum problema com você. Tudo o que não posso nessa altura do campeonato, fora do ar na TV aberta, é brigar com você", disse.

jogo de sacanagem

Galisteu também contou que costumava jogar cartas com as amigas valendo sacanagens. "Quem perdesse tinha que subir pelada no apartamento do Jô", contou a apresentadora, vizinha do entrevistador.

"Eu tinha certeza que ia ganhar da Daniella Cicarelli, mas perdi. Aí perguntei para ela se podia trocar por dinheiro. Paguei R$ 1.000 para ela e resolveu", declarou.


Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias