Celebridades

Chris Brown é investigado por suposta agressão a brasileira em Las Vegas

O rapper americano Chris Brown, que já foi condenado por agredir sua então namorada Rihanna em 2009, se viu no sábado (2) no centro de uma nova investigação policial em outro caso de violência contra uma mulher, segundo noticiou a imprensa americana.

O site de celebridades "TMZ" identifica a suposta vítima como Liziane Gutierrez, modelo brasileira que mora em Las Vegas há quatro anos.

À publicação, ela alega que Brown atingiu um soco em seu rosto durante uma festa privada em uma suíte de hotel na cidade depois que ela tirou uma foto dele no sábado de manhã.

Crédito: Reprodução/TMZ Chris Brown é suspeito de agredir uma mulher em Las Vegas, nos EUA. O nome da vítima é Liziane Gutierrez - http://www.tmz.com/2016/01/02/chris-brown-punch-woman-vegas-cops?adid=TMZ_Search_Results
A modelo brasileira Liziane Gutierrez, que diz ter sido agredida pelo rapper Chris Brown

Um representante do músico disse ao site que a acusação é "inegavelmente falsa".

Em uma publicação da madrugada deste domingo (3) no Instagram, Brown voltou a negar o episódio. "Eu ficarei muito rico depois que eu arquivar todas as ações judiciais dessas pessoas loucas que continuam mentindo em meu nome. Feliz ano novo. É hora de alguns de nós crescer", escreveu.

A polícia está investigando a queixa, segundo o "TMZ" e outros veículos de imprensa americanos.


Em junho de 2009, Brown se declarou culpado de agredir a estrela pop Rihanna, que sofreu ferimentos no rosto e foi forçada a cancelar sua apresentação no Grammy Awards daquele ano.

Na época, ele foi condenado a cinco anos de liberdade condicional, a participar por um ano de um programa contra a violência doméstica e cumprir 180 dias de serviço comunitário.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias