Celebridades

Evangélica, Andressa Urach avisa: 'Eu amo os gays'

Batizada na Igreja Universal, Andressa Urach não faz parte da ala religiosa que condena os gays.

Musa LGBT, ela faz questão de avisar: "Muitas pessoas me perguntam: 'Andressa, você agora é contra os gays?'. 'Você, que sempre teve a admiração desse público, agora é contra ele?'. Minha resposta é uma só: eu amo os gays."

Em um texto publicado no Instagram, a ex-modelo, que já foi uma das prostitutas mais caras do país —segundo conta em sua biografia— e se converteu depois de quase morrer por causa da obsessão pela beleza, diz que segue uma "fé inteligente".

<> Galeria de Imagens
6767
Matéria importada do Spiffy News

"E esta fé que tenho aprendido na Universal me faz respeitar e amar os gays assim como qualquer outro ser humano. Não me importa a opção sexual de ninguém, nem se é rico ou pobre, negro ou branco, Deus nos aceita como somos de forma igual. Assim como me aceitou, com tantos erros e falhas."

Andressa assumiu a religião evangélica em fevereiro deste ano, depois de uma longa jornada de internações e cirurgias causadas pela aplicação de hidrogel nas coxas —a tentativa de deixar as pernas mais grossas gerou infecções, que quase a mataram no ano passado.

Na época, ela disse que a "velha Andressa" havia morrido e que o batismo na Universal foi a "decisão de uma nova vida".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias