Bichos

Jimi Hendrix não é culpado pela chegada dos periquitos ao Reino Unido, diz estudo

Lenda urbana que envolvia guitarrista americano é desfeita no país.

A estrela do rock americana Jimi Hendrix
A estrela do rock americana Jimi Hendrix - Reprodução
São Paulo

Acabou o mistério! De acordo com um estudo divulgado nesta quinta (12), a estrela do rock Jimi Hendrix não é responsável pela chegada dos periquitos ao Reino Unido. 

O norte-americana estava envolvido em uma espécie de "lenda urbana" do país sobre os passarinhos. Segundo ela, o músico havia soltado nos anos 60 um par das aves na famosa rua londrina Carnaby Street.

Outro boato apontava que periquitos haviam “escapado” da festa de encerramento do filme “The African Queen”, em 1951. Sem falar na história que aponta que um casal se salvou de um acidente aéreo em 1970.

A verdade, segundo o estudo, não foge muito que foi atribuído a Hendrix. Espécies foram soltadas, repetidas vezes, por pessoas diferentes no país ao longo de anos, segundo a BBC. Assim, hoje é possível ver periquitos por todo o Reino Unido.

Os fatos que comprovam isso são relatos de avistamento dos pássaros que datam da década de 1860 que foram encobertos pelas universidades inglesas de Goldsmiths e Queen Mary. Outros associam datas da “febre do periquito”, que assustou os ingleses nos anos 30 e em 1952.

Originalmente da África, os periquitos em questão são a espécie invasora de maior sucesso no planeta. Já povoam hoje 34 países em cinco continentes, afirma o principal autor do estudo, o falecido Steven Le Comber.

Assim, os pássaros tornaram-se animais de estimação mais famosos que cães e gatos no país. Cerca de 11 milhões dos bichinhos viviam em lares ingleses nos anos 60.​

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem