Bichos

Família perde gatinho em avião e o reencontra um ano e meio depois

Depois de ter perdido seu gatinho durante uma viagem de avião, uma família norte-americana já não tinha mais esperanças de tê-lo de volta. Mais de um ano e meio depois, porém, Bogie reapareceu.

O gato siamês sumiu quando a família se mudou do Havaí para Detroit, no Michigan (EUA). No trajeto, ele escapou de sua caixa em um voo cargueiro da United Airlines.

Gatices: ONG do interior de SP fecha abrigo e tenta doar 80 gatos

Um morador do Havaí o encontrou na rua, há cerca de seis meses, e incluiu Bogie em um grupo de animais dos quais cuida.

"Tem alguns gatos que eu cuido na rua Ualena, perto do aeroporto. Bogie passou a aparecer periodicamente", contou Bill Antilla à emissora KHON-TV.

Ele é voluntário da CatFriends, uma ONG que cuida de animais em Oahu, e alimenta os bichinhos desabrigados três vezes por semana.

Crédito: Reprodução Bogie, gatinho perdido em voo, é reencontrado um ano e meio depois
Bogie, gatinho perdido em voo, é reencontrado um ano e meio depois

Antilla descobriu que o gato tinha um microchip implantado no corpo e conseguiu, por meio dele, rastrear a família do animal em Detroit. Bogie foi devolvido aos donos na última sexta-feira (24).

Um porta-voz da United Airlines disse ao canal de TV que o felino escapou quando os agentes da companhia tentavam trancar a caixa do animal dentro do avião.

"Nossa equipe fez buscas e colocou cartazes nas áreas próximas. Estamos felizes que Bogie esteja de volta aos seus donos."

O gato foi enviado a Detroit pela CatFriends em um voo da mesma empresa na quinta (23). "Eles [os donos] estão muito felizes de tê-lo de volta", comemorou a presidente da ONG, Jennifer Kishimori. "Disseram que ele ficou empolgado com o carpete e começou a rolar no piso."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias