Astrologia

Outubro será de autoconhecimento e aumento das paixões, diz astrólogo; cuidado com ciúme

Alexandre Chut diz que pessoas se preparam para novas aventuras

Astrólogo Alexandre Chut
Astrólogo Alexandre Chut - Karime Xavier /Folhapress
 
Fernanda Pereira Neves
São Paulo

Depois de um setembro de equilíbrio, o mês de outubro começa favorecendo o autoconhecimento e a conscientização de sentimentos e desejos até então escondidos, segundo o astrólogo Alexandre Chut. Ele alerta para a possibilidade de falas agressivas, situações de ciúme e casos de inveja no trabalho. 

Entre os dias 3 e 8 de outubro, Mercúrio e Vênus, planetas da comunicação e dos relacionamentos, respectivamente, entram no signo de escorpião, que é conhecido por sua astúcia, por seu poder estratégico. Isso deve propiciar um olhar mais introspectivo, um contato com sua própria verdade, afetando afetos, desejos, o amor.

“Muita coisa vai ser revista, muita coisa vai ser revelada. Durante esse mês, você deve reparar na sua vida, parar para ver o óbvio, ver assuntos que não eram tratados. É um mês revelador, no sentido de crescimento”, avalia o astrólogo, que, por isso, sugere até mesmo o início de terapias nesse período.

Além desse olhar mais introspectivo, Vênus em escorpião também deve provocar desejos mais intensos, apaixonados e até eróticos em outubro. Isso favorece relações mais manipuladoras e crises de ciúme. Em especial, entre os dias 12 e 16, aumenta a possibilidade de quebra e início de relacionamentos. 

Em relação aos negócios, esse será um bom período para aplicar em mercado futuro, devido ao potencial de revelação que terá o mês de outubro. Segundo o astrólogo, assim como o autoconhecimento está mais propício, será possível até mesmo nas finanças saber para onde o mundo está se destinando.

Como no âmbito pessoal o mês será de reflexão e autoconhecimento, na política pode acontecer algo semelhante. De acordo com Chuts, os políticos e as alianças podem ser repensadas e novas estratégias estabelecidas neste período. Já o presidente Jair Bolsonaro deve se posicionar mais diante da população.

Mas, apesar da forte tendência a revelações e descobertas, dois eclipses, que acontecerão no início do próximo ano, já começam a agir e influenciar. Por estarem em graus que envolvem falta de visão, podem deixar algumas coisas nebulosas. “Muita gente vai querer manter o passado”, avalia Chut. 

Mas o astrólogo é positivo em relação às expectativas para o mês: “Acho que é um dos melhores períodos, de colocar luz a pensamentos ocultos e sombrios. E eles começam a vir e você começa a ficar preparada para um nova aventura. Agir é só para depois, daqui uns dois meses. Uma preparação para novembro a janeiro”. 

RELACIONAMENTOS: Para quem está iniciando um namoro, é preciso compreender o outro lado, caso contrário, o ciúme pode aparecer e estragar as coisas. Para quem já está em um relacionamento esse pode ser um período de renovação, de reencontro do casal. É onde você começa a ter momentos mais íntimos, a desenvolver mais parcerias profundas.

Já quem acabou de terminar o relacionamento pode aproveitar esse céu para avaliar o que está por trás desse término. Quem termina neste mês demonstra um possível comportamento controlador, provavelmente com o término sendo provocado por coisas bobas. É importante aproveitar e olhar a si próprio neste momento.

Para quem está sozinho, esse pode ser um momento para rever valores. Mercúrio e Vênus estão tão juntinhos que, entre os dias 8 e 12 de outubro, isso fica mais intenso, como se fosse uma onda de período de avaliação sobre comportamentos em relacionamentos.

NEGÓCIOS: Em vez do relacionamento com ciúme, na parte de emprego o aspecto é parecido no sentido de conflito nas relações profissionais. Você deve ficar atendo com a inveja de colegas... os sete pecados capitais estão ativos. Imagina você crescendo e um colega apenas observando, esse é um período em que podem começar a surgir invejas, ódios, raivas. É um período para tomar cuidado. Quem começar um trabalho, deve ficar atento, muito atento aos meio-amigos, amigos não verdadeiros.

FAMÍLIA: Esse é um período de rever assuntos com irmãos. É a hora de conversar, rever assuntos de brigas e se reaproximar. Caso haja assuntos de divisões, seja herança a assuntos mais simples, como brigas antigas, é uma época de rever e de reajustar. É um período mais fácil para se abrir, verbalizar pensamentos... Mas a decisão será de cada um, podendo optar por não se abrir, não ter consciência e viver o lado negro desses planetas em escorpião. O instinto do escorpião não pensa, ele leva à briga.

O leitor tem que ter controle para saber aproveitar essa oportunidade, para ser uma pessoa mais iluminada. É um período muito bonito, no qual a luz é revelada para que as pessoas possam tomar decisões boas para elas, evitar conflitos. Tem épocas em que não há essa luz, a briga é certa em alguns períodos. Neste mês de outubro, principalmente na segunda quinzena, você pode encontrar novas formas de ver e lidar com as coisas.

AMIZADES: As pessoas devem ficar atentas com o final do mês de outubro para evitar problemas de brigas. Será também um período lindo para novas amizades. Um período de oportunidade de crescimento.

POLÍTICA: Na primeira semana de outubro haverá uma presença mais forte do presidente, ao falar com a população para poder se posicionar. Quando a gente fala em conflito de irmãos, podemos falar de políticos também. Essa qualidade de olhar pro outro, na política é cada um por si, então acho que podem pipocar conflitos, enquanto as estratégias são revistas para os próximos meses.

No meio do mês, a política de meio ambiente começa a encontrar soluções, entre os dias 12 e 16. Conflitos e disse-que-disse serão resolvidos, ajustados e retratados em alguns casos.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Mais lidas