Publicidade

televisão

Ator branco faz escritor mulato em comercial e causa polêmica

16/09/2011 - 07h31

Publicidade

DE SÃO PAULO

A campanha publicitária de comemoração dos 150 anos da Caixa Econômica Federal veiculada nesta semana gerou polêmica e foi alvo de críticas até dentro do governo.

No comercial, com duração de um minuto, atriz Glória Pires narra a história de Machado de Assis (1839-1908), que teria sido correntista no banco.

O problema é que o ator que interpreta o escritor é branco, sendo que, na verdade, ele era mulato.

A Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), órgão do Governo Federal, disse em nota que "é lamentável que tenha havido esse deslize numa campanha que vem sendo desenvolvida numa linha educativa e instrutiva que inclusive já retratou fatos históricos desconhecidos da população".

Ainda de acordo com a Seppir, nenhuma medida será tomada sem que uma pessoa ou entidade faça uma uma denúncia na ouvidoria do órgão.

Por meio de sua assessoria, a Caixa afirmou que "o banco sempre se notabilizou pela sua atuação pautada nos princípios da responsabilidade social e pelo respeito à diversidade. Portanto, a Caixa sempre busca retratar em suas peças publicitárias toda a diversidade racial que caracteriza o nosso país".

O banco só não respondeu se pretende fazer alguma alteração no comercial, exibido em horário nobre da Globo.

Veja o vídeo

  • Últimas notícias 
  •  

gostou? leia também

  •  

Publicidade

resumo das novelas

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha