Publicidade

televisão

Edson Celulari diz não ter coragem para encarar "Dança dos Famosos"

23/09/2012 - 08h30

Publicidade

FLAVIA MARCONDES
DO RIO

Prestes a voltar à televisão como o personagem Felipe em "Guerra dos Sexos", remake do sucesso dos anos 80 que estreia em outubro na Globo, Edson Celulari, 54, disse estar um tanto nervoso com o novo projeto, mesmo depois de tantos anos na profissão.

"Fazer comédia é muito difícil, acho que deveria ter um Oscar só para esse estilo, não entendo por que os comediantes não ganham o prêmio", afirmou durante a entrevista coletiva da nova novela no Projac.

Pior que comédias, só mesmo musicais, segundo Celulari. "Vou sair de uma enrascada para entrar em outra. Posso tentar cantar, posso tentar dançar, mas os dois ao mesmo tempo, não dá!", brincou.

O ex-marido de Cláudia Raia, 46, já está se preparando para estrear uma peça musicada quando terminar a novela, em 2013. "Memórias de Lisboa" será uma adaptação de Miguel Falabella e se somará a outros trabalhos do gênero protagonizados pelo ator, que esteve também em "Capital Estrangeiro" (1994) e "Hairspray" (2009).

Apesar da versatilidade, Celulari disse que não tem estômago para encarar uma participação na "Dança dos Famosos", quadro de competição de dança do Domingão do Faustão.

"Já avisei ao Faustão que para mim não é possível", arrematou.

Em "Guerra dos Sexos", Celulari será filho adotivo de Charlô (Irene Ravache), mas se juntará ao time dos homens ao apoiar Otávio (Tony Ramos) nos negócios da família. Mulherengo, terá um romance escondido com Vânia (Luana Piovani) e, alguns capítulos mais tarde, acabará se apaixonando por Roberta (Glória Pires).

  • Últimas notícias 
  •  

gostou? leia também

  •  

Publicidade

resumo das novelas

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha