Música

'Anitta tem um suingue que nenhuma artista americana consegue ter', diz produtor musical

Reconhecidos por seu trabalho no mercado musical brasileiro, os produtores Arnaldo Saccomani e Marco Camargo acreditam que Anitta pode conquistar o tão sonhado sucesso internacional e estabelecer carreira fora do país. "Ela vai ser um estouro e tem, inclusive, total condição de fazer mais barulho do que cantoras como Rihanna", afirma Saccomani, que já trabalhou com Tim Maia, Rita Lee e Fábio Junior. 

No entanto, ele diz que isso levará algum tempo. Para o produtor, 2017 será o ano de Anitta se apresentar como artista e, em 2018, ela deve se estabelecer. "Anitta está fazendo tudo certo. Primeiro, cercou-se de pessoas competentes que podem fazer contatos e parcerias no meio musical dos EUA, fundamental para quem quer seguir no ramo. E ela sabe usar as redes sociais para mostrar o que anda fazendo."

Saccomani ainda diz que o jeito natural de Anitta pode contar pontos a seu favor. "Ela é novidade para o público americano e tem um suingue brasileiro que nenhuma artista americana consegue ter. Ela vai passar o rodo, e eu torço por isso."

Outro produtor, Marco Camargo, que trabalhou com Ivete Sangalo, Xuxa e Sandy, é mais cauteloso com relação ao futuro de Anitta no mercado musical externo, mas também crê que ela possa conseguir sucesso. "Ela se destaca na dança, tem músicas bem produzidas e sabe exibir o seu estilo. Mas vai depender muito de quem for gerir essa carreira."

Camargo ressalta a melhora na qualidade das canções que Anitta tem gravado. "Não é só mais a batida do funk. Atualmente, a música dela tem mais melodia, o que conta bastante para um êxito internacional. E ela tem se mostrado consciente dos seus passos."







Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem