Publicidade

humanos

Site lista dez coisas que realmente fazem você feliz

22/11/2012 - 07h25

Publicidade

DE SÃO PAULO

O site "BuzzFeed" compilou diferentes pesquisas para listar as dez coisas que realmente fazem o ser humano feliz.

Dinheiro, amigos e sexo são, segundo esses estudos, quase uma unanimidade para alegrar as pessoas.

Veja a lista completa

10. Cuidar de crianças

A Universidade de Canterbury descobriu que cuidar de crianças deixa as pessoas muito felizes, mas um outro estudo apontou que ter filhos e tomar conta deles é uma das atividades que as pessoas menos gostam. Além disso, ter filhos diminui a quantidade de dinheiro, sexo e chocolate.

Luiz Carlos Murauskas/Folhapress
Cuidar de crianças deixa as pessoas muito felizes
Cuidar de crianças deixa as pessoas muito felizes

9. Compras

Descobriu-se em 2011 que comprar alguma coisa deixava as pessoas mais felizes, mas com alguns efeitos negativos. Comprar é muito benéfico e terapêutico, mas quanto mais você gasta, menos dinheiro você tem, o que poderá reduzir sua vida erótica, e, assim, a alegria de viver.

Luiza Sigulem/Folhapress
Descobriu-se que comprar alguma coisa deixava as pessoas mais felizes, mas com alguns efeitos negativos
Descobriu-se que comprar alguma coisa deixava as pessoas mais felizes, mas com alguns efeitos negativos

8. Religião

Uma pesquisa, realizada entre 2005 e 2009, mostrou que religião deixa as pessoas mais felizes, mas apenas em países onde há falta de comida, trabalho ou assistência médica --em países ricos esse efeito não ocorre. No entanto, o estudo neozelandês diz que meditação empata em quarto lugar com religião como atividade mais prazerosa.

Amauri Nehn/News Free/Folhapress
Religião deixa as pessoas mais felizes, mas apenas em países onde há falta de comida, trabalho ou assistência médica
Religião deixa as pessoas mais felizes, mas apenas em países onde há falta de necessidades básicas

7. Exercício

Uma outra pesquisa apontou que as pessoas ficavam muito felizes quando se exercitavam --apenas sexo era mais divertido que isso. Mas exercício não está entre as dez coisas apontadas na pesquisa da Universidade de Canterbury. E esse item, definitivamente, não entraria na lista do Garfield.

Zé Carlos Barretta/Folhapress
Estudo apontou que as pessoas ficavam muito felizes quando se exercitavam
Estudo apontou que as pessoas ficavam muito felizes quando se exercitavam

6. Dinheiro

Segundo um estudo inglês, dinheiro traz menos felicidade que sexo. Fazer sexo uma vez por semana traz mais felicidade do que US$ 50 mil por ano (sem que se tenha que trabalhar a mais). No entanto, ganhar US$ 75 mil ou mais por ano deixa as pessoas mais satisfeitas com as suas vidas. E milionários dizem que sua riqueza melhora o sexo (que é o segundo maior motivo de felicidade).

Fernando Frazão/Folhapress
Dinheiro traz menos felicidade que sexo
Dinheiro traz menos felicidade que sexo

5. Amigos

"Socializar" é a sétima atividade mais prazerosa, segundo o estudo da Universidade de Canterbury; ouvir música, a sexta. Em outra pesquisa, descobriu-se que ter um grande número de amigos estava associado à felicidade.

Há uma ressalva: interagir com amigos no Facebook pode trazer infelicidade, já que o comportamento na rede social tende a valorizar mais aspectos positivos do dia a dia. Quem está sozinho em casa pode ficar se sentindo um fracassado. A pesquisa de Canterbury mostrou que usar a rede social é uma das atividades menos prazerosas. Fique com passatempos mais legais.

Divulgação
Descobriu-se que ter um grande número de amigos está associado à felicidade
Descobriu-se que ter um grande número de amigos está associado à felicidade

4. Beber

Vários estudos mostram a ligação entre bebida e felicidade. A pesquisa feita pela Universidade de Canterbury, na Nova Zelândia, mostrou que beber é a segunda atividade mais prazerosa, só perdendo para o sexo. Em outra pesquisa, universitários que bebem muito apareciam como sendo mais contentes do que seus colegas recatados. Também descobriu-se que os abstêmios têm risco maior de ter depressão do que aqueles que bebem moderadamente. Fica a dica da ciência: Beber moderadamente é incrível.

Andreas Gebert/France Presse
Vários estudos mostram a ligação entre bebida e felicidade
Vários estudos mostram a ligação entre bebida e felicidade

3. Chocolate

Saber o que deixa as pessoas mais bem-humoradas, chocolate ou sexo, é uma questão sempre em pauta nas pesquisas. Em 2011, estudo descobriu que as mulheres preferiam um ótimo sexo a um chocolate grátis.

Outro estudo, no entanto, apontou que 52% das mulheres escolheriam chocolate em vez de sexo quando elas querem se agradar. Um terceiro apontou que 39% das solteiras preferiam ficar sem sexo durante um ano a abrir mão da sua comida favorita. Com todos esses dados, fica difícil desempatar.

Divulgação
Estudou descobriu que mulheres escolheriam chocolate em vez de sexo quando elas querem se agradar
Estudou descobriu que mulheres escolheriam chocolate em vez de sexo quando elas querem se agradar

2. Sexo

O pesquisador Carsten Grimm, da Universidade de Canterbury na Nova Zelândia, pediu às pessoas que dissessem, por mensagens de texto, em qual ocasião foram mais felizes. Sexo foi apontada como a atividade mais prazerosa (aparentemente isso é verdade mesmo quando é interrompida por uma mensagem de texto). Em um estudo parecido feito em parceria com a London School of Economics (LSE) no ano passado, transar também foi eleita a atividade mais agradável.

Eduardo Knapp/Folhapress
Sexo foi apontada como uma das atividade mais prazerosas
Sexo foi apontada como uma das atividade mais prazerosas

1. Elogios

De acordo com uma pesquisa patrocinada por uma empresa de refrigerantes, ser elogiado melhora o humor de 41% das mulheres, um índice maior do que o do chocolate ou sexo. Em outro estudo, feito com estudantes universitários, a satisfação em receber um elogio é maior do que a de fazer sexo, ganhar dinheiro e ingerir bebida. Por isso, elogios estão no topo da lista.

Shutterstock
Um elogio melhora o humor de 41% das mulheres
Um elogio melhora o humor de 41% das mulheres
  • Últimas notícias 
  •  

gostou? leia também

  •  

Publicidade

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha