SPFW

Em desfile com pegada fetichista, João Pimenta mostra alfaiataria afiada

A trilha sonora do desfile de João Pimenta, o único masculino deste segundo dia de SPFW, dava o tom do que viria pela frente.

Um rock pesado ecoava nos corredores do prédio da Bienal quando o primeiro modelo entrou com um conjunto de bermuda e camisa transparentes brancos. Rendas chantilly fizeram contraste com detalhes em metal em jaquetinhas encurtadas e shorts na altura do joelho.

O clima foi ficando "mais pesado" com bordados de cruzes invertidas e estrelas de Davi nas costas de jaquetas esportivas, além de correntes no pescoço e fechando blazeres de alfaiataria precisa, marca do estilista.

Fitas soltas decoraram os casacos de referência militar e saias alongadas sob calcas justas. Algumas mulheres cruzaram a passarela para mostrar que a moda de João Pimenta funciona também para elas, que vestiam moletons afastados do corpo, mascarando o sexo.

O som pesou ainda mais no bloco final do desfile, quando os modelos vestiam tons de vermelho em calças alargadas e tops justos. Calcas de cintura baixíssima, máscaras de couro fetichista, shorts colados e curtos completaram a coleção, que terminou com uma capa completamente aberta nas costas revelando o corpo nu do modelo, que arrancou aplausos em pé da plateia.




Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem