Tony Goes

Por que era pecado compartilhar os nudes de Carolina Dieckmann, mas não o de Paulo Zulu?

Em 2012, o computador de Carolina Dieckmann foi hackeado e fotos da atriz nua, clicadas por seu marido, caíram na internet.

Foi uma comoção. Ela correu atrás dos culpados, e acabou batizando uma lei que pune crimes cibernéticos como aquele de que foi vítima. Todo mundo ficou horrorizado com a violência sofrida por Carolina.

Mas todo mundo — ou, pelo menos, quem teve a oportunidade—  também aproveitou para dar uma espiadinha nas tais das fotos. Nossa curiosidade foi maior do que o nosso espírito solidário.

No ano passado, vazaram fotos de Stênio Garcia e de sua mulher, Marilene  Saade, totalmente nus. Ela, que não é do meio artístico, se sentiu exposta. Mas ele, que já está com 84 anos e ficou pelado diversas vezes no teatro e no cinema, reagiu com bom humor.

Estava certíssimo. Quem me dera chegar à idade de Stênio e ter nudes meus vazados na internet. Ainda mais com a forma física que ele ostenta.

Na era do selfie e do compartilhamento instantâneo, é mesmo de se esperar que casos do gênero aconteçam a todo momento. Esta semana rolou mais um: uma foto de Paulo Zulu em glorioso nu frontal foi postada no perfil do Instagram do próprio modelo e ator, só para ser apagada pouco depois.


Foto de Paulo Zulu pelado publicada em rede social
Foto de Paulo Zulu pelado publicada em rede social - Reprodução/Instagram


Mas aí já era tarde. A imagem viralizou, foi compartilhada milhões de vezes e virou assunto até para o site humorístico O Sensacionalista.

Zulu diz que se sente agredido e que irá processar o responsável pelo vazamento, que ele jura não ter sido acidental. Está no seu direito, é claro.

Ninguém pediu, mas vou dar minha opinião: acho que o cara tinha mais era que relaxar e aproveitar essa onda toda. Afinal, a foto arrancou elogios e suspiros do Oiapoque ao Chuí.

E, justamente por isto, este caso suscita uma pergunta incômoda. Se era feio divulgar os nudes de Carolina Dieckmann (por mais que as pessoas vissem as fotos na surdina), por que é que todo mundo está fazendo o mesmo com o de Paulo Zulu, na maior euforia?

A resposta óbvia é que vivemos numa sociedade machista. Carolina, por ser mulher, perde muito mais por ter sua intimidade exposta do que Zulu. Na época, não faltaram internautas imbecis fazendo comentários pejorativos com relação à atriz. Zulu, como foi dito, virou praticamente um herói nacional.

E aí surge uma outra questão delicada: e se o ator fosse, aham, mal dotado? Claro que não iriam faltar gracinhas cruéis nesse faroeste que é a internet.

Não sei responder a essas dúvidas. Só sei que adoramos invadir a privacidade alheia, para depois posarmos de moralistas.




Tony Goes

Tony Goes tem 56 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.blogspot.com

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem