Celebridades

Regina Casé diz que é um elogio ser comparada a Chacrinha 

A apresentadora Regina Casé é uma das artistas que participa do especial "Chacrinha, O Eterno Guerreiro", que a Globo transmite nesta quarta (6) após a novela "A Força do Querer".

A atração é uma das homenagens da emissora ao apresentador, que faria cem anos no dia 30 de setembro. 

"Foi uma honra e uma diversão. Que saudade do grande mestre, que era um promotor da diversidade cultural brasileira", disse Casé em nota enviada ao "F5". 

A ideia da Globo, segundo o diretor artístico Rafael Dragaud, foi misturar elementos passados e atuais. Além de Casé, artistas como Luciano Huck, Angélica e Anitta participam da atração. 

Casé, que é constantemente comparada a Chacrinha, diz que tem o "maior orgulho" da semelhança. Seu mais recente trabalho na emissora foi o "Esquenta" —"uma miscelânea de assuntos com entrevistas, rodas de samba, culinária e personagens populares", segundo o site "Memória Globo". O "Esquenta" teve três temporadas (2011, 2013 e 2014) e ia ao ar nas tardes de domingo. 

"Quando alguém diz que o meu programa é uma bagunça, parece o do Chacrinha, para mim é o maior elogio do mundo", diz Casé, que já jogou bacalhau para plateia, fez concursos com calouros e premiou os piores cantores com abacaxis.

NOVO PROGRAMA 

Segundo Fefito, que assina a coluna Zapping, publicada diariamente no jornal "Agora" e no "F5", Casé deve ganhar um novo programa na Globo em 2018

De acordo com a coluna, publicada em maio de 2017, a apresentadora tem se reunido com sua equipe para pensar em novos formatos. O plano é que a atração de Casé volte a se aproximar da fórmula que a consagrou, viajando pelo país e contando histórias divertidas e inspiradoras. 


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem