Celebridades

Especializada em usar nudez para criar polêmica, Ju Isen vê exagero em mostrar o ânus na TV: "Ninguém quer essa exposição"

A entrevista reveladora de Ju Isen para o programa "Bastidores do Carnaval" (RedeTV!), no sábado (25) de Carnaval, deu o que falar. Exibindo o corpo pintado com as cores da bandeira do Brasil, a modelo acabou mostrando o ânus ao vivo e em rede nacional.

Conhecida por tirar a roupa durante algumas manifestações pró-impeachment em 2016, a modelo baiana de 30 anos fez sua "fama" usando a nudez para causar polêmica.

Desta vez, ela mesma reconhece que foi longe demais. "Ninguém quer tanta exposição", diz ao "F5", contrariando o próprio histórico. "Eu jamais faria isso, nem em revista masculina eu fiz", afirma, se referindo a mostrar o ânus. "Eu avisei minha família que estaria ao vivo. Minha avó estava assistindo."

A modelo Ju Isen durante cobertura do Carnaval na 'RedeTV!'
A modelo Ju Isen com a pintura corporal mostrada na RedeTV! - Reprodução

Ju se diz vítima da situação. "Não fiz nada de errado, fui a vítima. Se uma pessoa sensata assistir ao programa vai ver que eu não conduzi aquilo", conta. "Terminamos a pintura no saguão e fui direto para a entrevista. Não havia um script, eu não sabia o que ia acontecer. Se eu quisesse polêmica, teria agachado para todo mundo", fala.

A modelo afirma que só soube o que havia acontecido minutos depois, quando voltou para o quarto no hotel. "A Léo [Áquilla, que a estava entrevistando] me agradeceu e foi embora, não me avisou nada."

Ela conta já ter feito muita pintura corporal e que isso nunca aconteceu. E explica que as partes íntimas do corpo são cobertas com um adesivo parecido com esparadrapo da cor da pele. "Eu coloquei o Lib [adesivo] conforme me pediram. Mas sempre faço pintura com um artista, e desta vez era outro, então não sei o que aconteceu. Não tenho um olho nas costas para saber como estava. Terminamos a pintura no saguão e fui direto para a entrevista", fala.

Para ela, a situação não foi amenizada com a suposta demissão de Elias Abrão — o superintendente artístico da RedeTV! publicou no Twitter que se desligou da emissora; a informação não foi confirmada pelo canal até a conclusão desta nota.

"Não sei quem é o culpado, mas não sou eu. Não fiz de propósito", diz a modelo. "Assumo o que faço. Quando eu falo que vou causar, eu causo. Ano passado eu estremeci o Sambódromo. Mas dessa vez eu não queria fazer nada."


A modelo Ju Isen
A modelo Ju Isen - Divulgação

A modelo está ciente dos memes e piadas nas redes sociais que levam seu nome. "Isso está me chateando. Vi que já estão vendendo bundas falsas pintadas de verde. Daqui a pouco vou mandar todo mundo tomar no mesmo", diz, sem esclarecer se era sua intenção fazer o trocadilho. "Ainda não estou na fase de rir disso, mas as pessoas esquecem. Esquecem até dos políticos corruptos e votam neles outra vez", afirma.

Neste ano, ela diz que gostaria de ter tido uma passagem "discreta" no Carnaval.

Em 2016, a modelo, que nunca participou de nenhum programa de TV, tentou protestar conta o governo Dilma Rousseff tirando a fantasia durante o desfile da Unidos do Peruche, em SP. Acabou retirada do Sambódromo por membros da agremiação bastante irritados. Discrição em 2017 era uma condição para que ela voltasse a desfilar. A nudez em rede nacional aconteceu na noite anterior ao desfile; felizmente, Ju não foi punida. "Fiquei tensa, mas desfilei e foi ótimo."



Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem