Celebridades

Um ano após transplante, Claudia Rodrigues tem melhora de saúde e já voltou a decorar textos

Cerca de um ano após ter feito o transplante de células-tronco, a atriz Claudia Rodrigues, que ficou conhecida por interpretar a personagem Marinete na série "A Diarista", teve uma melhora em seu estado de saúde.

Ela é portadora de esclerose múltipla, doença neurológica caracterizada pela destruição progressiva da camada que recobre os nervos cerebrais e da medula espinhal, fazendo com que a pessoa tenha dificuldades para cumprir tarefas simples, como se movimentar.

"A Claudia é outra pessoa, tanto espiritualmente, como em tudo, a partir do momento em que saiu da depressão e começou a ver o resultado do tratamento", diz Adriane Bonato, empresária da artista ao "F5". "Ela mudou completamente", acrescenta.

Neste domingo (25), o programa "Domingo Espetacular" (Record) exibiu uma reportagem com Claudia, mostrando sua evolução desde o começo do tratamento.

Segundo o programa, cerca de um ano após o transplante, a atriz passou do nível seis para o cinco no índice de incapacidade.

Esse índice mede a capacidade que uma pessoa que enfrenta a doença tem de se movimentar sozinha. Quanto maior o número, menor a independência. Assim, pessoas com o nível cinco podem andar cerca de 200 metros sem ajuda.

"A pior coisa é a fadiga da esclerose. A pessoa tem vontade de fazer as coisas, mas não consegue. Ela está deitada, dá o comando para se levantar, mas não consegue", explica Bonato. "Isso após o transplante acabou. Acabou a fadiga, agora ela tem ânimo, tem força, tem vontade," declara.

"Antigamente, a gente precisava ficar em cima, incentivar que ela fizesse as coisas. Hoje, ela mesmo vai para a fisioterapia e faz os exercícios sem que ninguém precise cobrar", diz a empresária.

Além da doença, em julho Claudia foi agredida por dois homens armados durante um assalto que sofreu em Curitiba. Na ocasião, os bandidos quebraram a fíbula (osso da perna) da atriz, o que atrasou ainda mais a recuperação.

A fratura dificultou o trabalho dos médicos de constatarem o quanto a esclerose múltipla está atrapalhando a atriz de se movimentar.

futuro

Daqui a seis meses, Claudia voltará a ser examinada por seus médicos, quando poderá receber alta médica do transplante com as células-troncos.

Na vida profissional, ela está afastada da TV desde que participou do "Zorra Total" (Globo), onde fazia a personagem Ofélia.

Por causa da doença, não estava conseguindo decorar os textos de seus personagens, tarefa que voltou a fazer após o tratamento. Agora, está ensaiando, ao lado da filha e de antigos colegas de "A Diarista", a peça infantil "Menino Repolho" e planeja lançar um canal no YouTube, com seus personagens mais clássicos, entre eles Sirene, a empregada doméstica que viveu em "Sai de Baixo".

Só Marinete e Ofélia não voltam ao canal, uma vez que os direitos deles são da Globo.

O plano da atriz, aliás, era já ter começado a lançar seus vídeos na web, mas acabou adiado por causa da fratura sofrida no assalto.

Claudia Rodrigues
Claudia Rodrigues tem melhora de saúde após transplante com células-tronco - Reprodução/Record


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem