Celebridades

'Se eu tivesse mais um TOC estaria ferrado', diz Roberto Carlos

Um dos últimos entrevistados de Jô Soares na derradeira temporada do entrevistador na Globo, Roberto Carlos revelou detalhes curiosos de sua vida pessoal, na conversa que deve ir ao ar na sexta-feira (9).

Entre os assuntos abordados pelo artista está seu sofrimento por ter transtornos obsessivos compulsivos, os chamados TOCs.

LEIA TAMBÉM:

Silvio Santos diz que Roberto Carlos 'está velho, com a testa sem cabelo' e 'numa pior'

Roberto Carlos e ​Jennifer Lopez vão gravar música inédita juntos

"Se eu tivesse mais um TOC estaria ferrado. Mas já dei uma melhoradinha", brinca o astro da música.

Jô, então, diz que tem o mesmo problema. Por exemplo, o apresentador nunca fica contente com o desodorante e acaba espirrando mais de uma vez. O problema, segundo Roberto, é que uma pessoa que tem TOC não deve comentar seus transtornos para outra.

"Bicho, esse negócio é contagioso, você não devia ter me contado isso", alerta o artista de forma bem-humorada.

Roberto Carlos também aproveitou a entrevista para explicar o episódio de quando encontraram uma mulher desconhecida dormindo em sua cama antes de um show.

"Que história é essa de que você foi fazer show, e tinha uma moça na sua cama de hotel?", pergunta Jô logo no início da conversa.

"Já vai começar assim? Achei que seria mais suave", ri o cantor. "Eu dei uma dormidinha antes do show, e quando me acordaram tinha uma moça deitada ao meu lado. Bicho, eu não sabia o que tinha acontecido. Queriam mandá-la embora, mas eu impedi", acrescenta.

O "Programa do Jô" vai ao ar após "Jornal da Globo".


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem