Celebridades

Emma Watson espalha livros feministas no metrô de Londres

Emma Watson distribuiu, nesta quarta (2), cem livros pelas estações de metrô de Londres. Os exemplares, com dedicatórias da atriz, são clássicos feministas. 

A ideia surgiu após ela criar um clube de leitura com seus fãs. Juntos, eles pretendem incentivar a disseminação de obras escritas por mulheres e biografias de grandes figuras do movimento feminista. 

LEIA TAMBÉM:

Imagens extraoficiais de ​Emma Watson em 'A Bela e a Fera' são divulgadas

Trecho de livro de '​Harry Potter' é usado como justificativa racista para criticar Hermione negra em peça

Em vídeo publicado no Instagram, Emma aparece deixando despretensiosamente o livro "Mom and Me and Mom", da americana Maya Angelou, na escada rolante de uma estação. 

"Eu escondi cópias de 'Mom & Me & Mom' para a @booksontheunderground no metrô hoje! Veja se você encontra algum amanhã!", escreveu. 

Books on the Underground (livros no metrô, em tradução livre) é um projeto que surgiu em 2012 com a proposta de espalhar livros pelos metrôs da cidade. De acordo com a fundação, cerca de 150 mil exemplares são deixados pelas estações toda semana.

Conhecida por ter interpretado a bruxinha Hermione na série de filmes "Harry Potter", a atriz é embaixadora da ONU Mulheres e se empenha em campanhas de igualdade de gênero.


O Clube 

Emma criou o "Our Shared Shelf" na plataforma online Goodreads em janeiro deste ano. "Como parte do meu trabalho na ONU, passei a ler todas as obras sobre igualdade que encontrava. Há coisas incríveis por aí. Engraçadas, inspiradoras, tristes, empoderadoras. Mais um pouco e a minha cabeça explodiria de tanta informação. Por isso, decidi fazer o clube para dividir tudo isso", disse na época.

O clube já tem cerca de 150 mil membros, que discutem, em fóruns, as obras indicadas pela atriz.



Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem