Celebridades

Campanha transforma Cleo Pires e Paulinho Vilhena em paratletas e revolta internautas

Uma campanha divulgada pela revista "Vogue" nesta quarta-feira (24), para chamar atenção para os Jogos Paraolímpicos, provocou revolta na internet.

Isso porque, no lugar de convidar atletas da competição para estrelar a campanha, a peça optou por retratar Cleo Pires e Paulinho Vilhena como se fossem paratletas.

Para isso, os atores tiveram membros "amputados" no photoshop: Cleo perdeu o braço direito e Vilhena ganhou uma prótese na perna.

Batizada de "Somos Todos Paralímpicos", a campanha criada pela agência África tem o objetivo de "atrair visibilidade ao evento e colaborar com a venda de ingressos", segundo a publicação.

A intenção parece boa, mas a campanha não foi nada bem recebida pelo público. No Twitter, os nomes da revista e dos atores estão entre os principais tópicos comentados. A principal crítica é de que a escolha dos atores alimenta o desrespeito e preconceito contra portadores de necessidades especiais.

Em outra foto da campanha, a dupla de atores aparece ao lado dos paratletas Bruna Alexandre, do tênis de mesa, e Renato Leite, do vôlei sentado, que inspiraram as fotos.

Procurada pelo F5, a "Vogue" respondeu que apenas divulgou a campanha, e que a concepção do projeto foi feita pelos próprios atores e pela agência África. "A Edições Globo Condé Nast apoia qualquer campanha que estimule o comparecimento e o apoio às Paraolimpíadas", diz comunicado enviado à imprensa.

Cléo Pires e Paulinho Vilhena viram 'deficientes' em campanha
Cléo Pires e Paulinho Vilhena viram 'deficientes' em campanha - Divulgação
Campanha Vogue
Cleo Pires e Paulinho Vilhena posam com os atletas Bruna Alexandre e Renato Leite - Divulgação

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem