Bichos

Nasce na China primeiro panda de mãe em cativeiro e pai selvagem

Filhote de panda nascido na província de Sichuan, centro-oeste da China
Filhote de panda nascido na província de Sichuan, centro-oeste da China - STR-31.jul.2017/AFP


Um bebê panda gigante nasceu segunda-feira (31) na China, depois da união de uma fêmea em cativeiro com um macho em liberdade, um fato inédito, segundo a agência oficial de notícias Nova China.

O bebê panda, de cor rosa claro e pouco maior do que uma mão, nasceu na segunda de manhã na província de Sichuan, centro-oeste do país. É o primeiro panda gigante nascido do acasalamento, em março, de uma mãe em cativeiro --Cao Cao, de 15 anos-- e um pai em liberdade.

O nascimento desse panda é resultado dos esforços dos pesquisadores, que esperam melhorar a saúde e a diversidade genética dos pandas em cativeiro, acasalando-os com seus pares que vivem na natureza, explicou Zhang Zhizhong, do Centro de Conservação e de Pesquisa da China para o Panda Gigante.

Com apenas 471 pandas em cativeiro no mundo no final de 2016, a espécie corre perigo de consanguinidade, explicou a Nova China. Em cativeiro desde seus dois anos, Cao Cao foi posta em liberdade em março por um período de dois meses, com dispositivos de geolocalização e de registro ao redor do pescoço.

Esse material permitiu saber que, depois de entrar no período do cio em 11 de março, Cao Cao se acasalou com um macho selvagem em 23 de março durante um minuto e 30 segundos. O bebê panda nasceu com 216 gramas, ultrapassando o peso habitual --em torno de 150 gramas para essa espécie--, graças ao bom apetite da mãe durante a gravidez.

Entre os pandas gigantes, os machos costumam ter dificuldade para saber quando a fêmea está disposta e, com frequência, não sabem o que fazer depois. Caso se interessem um pelo outro, o ato sexual costuma ser muito rápido para que a fêmea seja fecundada.

Além disso, a panda é receptiva às investidas masculinas apenas dois, ou três dias ao ano, entre fevereiro e maio. Acredita-se que haja pelo menos 2.000 pandas gigantes em liberdade, em três províncias do centro-sul da China.

MAIS PANDAS

Na França, Huan Huan, uma panda emprestada pela China ao zoológico de Beauval (centro) espera bebês gêmeos
Na França, Huan Huan, uma panda emprestada pela China ao zoológico de Beauval (centro) espera bebês gêmeos - Guillaume Souvant-26.jul2017; AFP

Na França, Huan Huan, uma panda emprestada pela China ao zoológico de Beauval (centro) espera bebês gêmeos, revelou nesta terça (1º) a última ultrassonografia antes do parto, previsto para acontecer na próxima sexta, ou sábado, informou a direção do zoológico. Será o primeiro nascimento de pandas gigantes na França.

Ultrassonografia de Huan Huan antes do parto, que deve acontecer nos próximos dias
Ultrassonografia de Huan Huan antes do parto, que deve acontecer nos próximos dias - Berti Hanna-1°aug.2017/AFP


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem