Você viu?

Empregado dá cadeirada em assaltante em padaria: 'Não deu medo, foi impulso'

Uerlisson Lessa ganhou fama e virou funcionário do mês em Porto Velho

Funcionário que reagiu a assalto em Porto Velho ganha título de funcionário do mês
Funcionário que reagiu a assalto em Porto Velho ganha título de funcionário do mês - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Um empregado de uma padaria localizada em Porto Velho reagiu a um assalto no estabelecimento e deu uma cadeirada no homem que tentava roubar dinheiro do caixa.

Dias depois do ocorrido, ele ganhou o título de funcionário do mês. A imagem de Uerlisson Lessa, ajudante geral no local, fez sucesso na internet. Apesar de agir por impulso, ele não pensou duas vezes no momento de defender o local onde trabalha.

A tentativa de roubo aconteceu na última quinta-feira (23) e foi toda registrada pelas câmeras. O momento acabou viralizando nas redes sociais (veja abaixo). Depois da cadeirada, Uerlisson imobiliza o homem com ajuda de outros colegas.

"No momento do ocorrido, não pensei em nada, não deu medo, foi impulso. Ele anunciou o assalto para duas meninas do caixa e uma delas é minha esposa. Vi que ele colocou a arma de volta na cintura foi então que reagi", conta o funcionário em papo com o F5.

Segundo ele, tudo foi muito rápido e não deu tempo de raciocinar que ele estava reagindo a um roubo, algo perigoso. "Mas na hora não me passou nada na cabeça, só depois que a gente pensa nas consequências. Do jeito que deu certo poderia ter dado errado. Mais graças a Deus está tudo bem."

A própria conta no Instagram da padaria fez piada com o ocorrido. “O terror dos assaltantes de Porto Velho! Quer levar uma cadeirada?”, postou.

Muita gente invadiu as redes da padaria e a do próprio funcionário para deixar algumas mensagens. “Para que polícia se existe o homem da cadeirada”, escreveu um. “Bela cadeirada”, postou uma outra.

“Nem todo herói usa capa”, publicou um terceiro seguidor. “É um mito”, elogiou outra.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem