Você viu?

Pistola 007 de Sean Connery em 'Dr. No' é vendida por R$ 1,3 milhão

Objeto foi vendido em um leilão em Beverly Hills nesta quinta-feira (3)

Pistola semiautomática Walther PP usada por Sean Connery em "Dr. No" de Cortesia de Julien's Auction
Pistola semiautomática Walther PP usada por Sean Connery em "Dr. No" de Cortesia de Julien's Auction - Divulgação via Reuters
Lisa Richwine

Uma arma usada por Sean Connery no primeiro filme de James Bond foi vendida por US$ 256 mil (cerca de R$ 1,3 milhão na cotação atual) em um leilão em Beverly Hills na quinta-feira (3), superando as estimativas para o artigo da história de Hollywood, segundo informações da casa de leilões Julien's Auctions.

A pistola Walther PP semiautomática desativada, que junto com seu modelo menor, o PPK, se tornou uma das imagens mais conhecidas da franquia de filmes, foi usada por Connery no filme "007 contra o Satânico Dr. No" em 1962.

Connery, o primeiro James Bond da franquia, morreu em 31 de outubro deste, aos 90 anos.

A Julien's afirmou que o comprador, que pediu para permanecer anônimo, é um norte-americano que viu todos os filmes de James Bond com seus filhos. A casa de leilões havia estimado que a arma seria vendida por entre US$ 150 mil (cerca de R$ 775 mil) e US$ 200 mil (cerca de R$ 1 milhão).

Um capacete criado para Tom Cruise em "Top Gun" também foi vendido no leilão por US$ 108 mil (cerca de R$ 558 mil), enquanto uma espada usada por Bruce Willis em "Pulp Fiction: Tempo de Violência" rendeu US$ 35,2 mil (cerca de R$ 181 mil).

Reuters
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem