Você viu?

Menino que queria se matar após sofrer bullying entra em campo com time de rúgbi

Quaden Bayles, que tem nanismo, foi ovacionado em estádio da Austrália

Garoto entra com time de rúgbi no estádio
Garoto entra com time de rúgbi no estádio - Reprodução
São Paulo

Quaden Bayles, garotinho de nove anos que comoveu a internet por sofrer bullying no colégio, entrou em campo com o time de rúgbi NRL para uma partida na Austrália.

Aos canais oficiais da liga, a mãe do menino afirmou que ele saiu do pior dia da vida dele para o melhor. Apesar de tímido, Quaden esboça um sorriso ao ser aplaudido por todo o estádio (assista).

Quaden apareceu em um vídeo viral chorando após ser vítima de bullying na escola por seu nanismo. “É isso que o bullying faz”, diz a mãe dele no vídeo, no qual o menino também afirma que queria se matar.

O vídeo, visto mais de 14 milhões de vezes, gerou uma série de mensagens de apoio nas redes sociais e a hashtag que levava o nome dele ficou entre as mais usadas nas redes sociais.

A mãe do menino também desmentiu que ele teria 18 anos e que toda a história que comoveu o mundo seria uma farsa. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem