Você viu?

Erupção de vulcão se transforma em fundo impressionante para fotos de casamento nas Filipinas

Cerimônia que selaria a união de Chino Vaflor e Kat Bautista Palomar estava prevista para acontecer no domingo (12/01), a uma curta distância de Taal, um dos vulcões mais ativos do país.
Cerimônia que selaria a união de Chino Vaflor e Kat Bautista Palomar estava prevista para acontecer no domingo (12/01), a uma curta distância de Taal, um dos vulcões mais ativos do país. - Randolf Evan Photography
Descrição de chapéu BBC News Brasil

A erupção de um vulcão nas Filipinas não impediu um casal de seguir adiante com seu casamento. A cerimônia, que selou a união de Chino Vaflor e Kat Bautista Palomar, estava prevista para acontecer no domingo (12/01), a uma curta distância de Taal, um dos vulcões mais ativos do país, a 50 km ao sul da capital, Manila.

Quando o casamento estava prestes a começar, o Taal entrou em erupção, liberando uma nuvem de fumaça e cinzas.

O fotógrafo do casamento, Randolf Evan, disse à BBC que não tinha ideia de que algo estava para acontecer.

"Percebemos a fumaça branca saindo do Taal durante os preparativos por volta das 14h e, a partir de então, sabíamos que algo incomum já estava acontecendo com o vulcão", diz ele.

Quando casamento estava prestes a começar, Taal entrou em erupção
Quando casamento estava prestes a começar, Taal entrou em erupção - Randolf Evan Photography

'TODO MUNDO ESTAVA CALMO E RELAXADO'

Horas depois, autoridades filipinas elevaram o alerta para o segundo nível mais alto. Segundo elas, uma "erupção explosiva" poderia ocorrer entre "horas e dias".

As pessoas dentro de um raio de 14 km do vulcão foram instruídas a abandonar suas casas. Estima-se que 450 mil vivem dentro desse perímetro.

O local do casamento ficava a apenas 10 km do vulcão, mas Evan disse que todos sentiram que estavam "definitivamente seguros, pois o local era em um terreno mais alto e não diretamente nas proximidades do vulcão".

Não só o casamento foi realizado, como também a festa que se seguiu à cerimônia. Os convidados compartilharam fotos nas redes sociais de pessoas comendo sob uma marquise envolta em luzes, com a crescente nuvem de fumaça ao fundo. Alguns dos vídeos mostram relâmpagos dentro da vasta nuvem que paira sobre o local.

"Sentimos as cinzas caindo em nossas roupas", disse Evan. "Mas não parecia alarmante até a noite chegar, quando elas se tornaram um pouco mais pesadas e parecidas com lama". Apesar disso, ninguém decidiu sair da festa, diz ele.

"Surpreendentemente, todos estavam calmos e relaxados. Foi um casamento íntimo; os convidados eram principalmente a família do casal e amigos íntimos e, portanto, ninguém realmente deixou a festa".

Na segunda-feira, a natureza da erupção mudou e se tornou ainda mais perigosa, à medida que vastas quantidades de lava foram expelidas.

Evan disse à BBC que todos os convidados estão em segurança, fora da zona de perigo. Ele vem atuando como fotógrafo profissional de casamentos há oito anos e disse que "esta é definitivamente uma história para contar".

"É uma mistura de emoção e puro espanto. Estou grato por ter passado por um momento tão único na minha carreira".

BBC News Brasil
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem