Você viu?

Jovem suspeito de roubar banco e fugir em uma scooter elétrica é identificado pela polícia

Mangiarano foi preso por roubo e fiança foi fixada em US$ 18 mil

Luca Mangiarano, 19 anos, foi acusado de roubo depois de supostamente roubar o banco BBVA
Luca Mangiarano, 19 anos, foi acusado de roubo depois de supostamente roubar o banco BBVA - Divulgação

São Paulo

Uma e-scooter, modelo elétrico sem tração, usada na fuga de um roubo a banco foi a pista que a polícia de Austin precisava para identificar o suposto assaltante.

Luca Mangiarano, 19, foi acusado de roubar o banco BBVA, conforme publicado pelo site  KXAN. Segundo um funcionário do banco, em 18 de dezembro do ano passado, Mangiarano entrou na agência, caminhou até sua estação e entregou-lhe um bilhete que dizia: 'Isso é um assalto. Por favor, me dê todos os seus 100 e 50 em um envelope e tudo ficará bem'. 

A vítima disse aos policiais que estava com medo do que Mangiarano poderia fazer, então concordou em dar o dinheiro.

A Uber está lançando sua nova série de e-scooters para Austin
A Uber está lançando sua nova série de e-scooters para Austin - Divulgação

Outro funcionário do banco, que não tinha conhecimento do roubo na época, disse aos investigadores que viu quem ele acreditava ser o suspeito deixar o banco e pegar uma e-scooter. Um vídeo de vigilância de um negócio próximo mostrou um homem combinando com a descrição de Mangiarano saindo do banco. 

Através das imagens, os policiais foram capazes de identificar a scooter.

A polícia enviou uma intimação para a Uber solicitando as informações da conta usadas para a scooter e identificou Mangiarano, bem como seu número de telefone e endereço de e-mail. 

Investigações posteriores sobre a conta de Mangiarano no Facebook levaram os policiais a acreditar que ele era o homem por trás do assalto.

Mangiarano foi preso por roubo e a fiança foi fixada em US$ 18 mil.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem