Você viu?

Donald Trump chama ex-assessora Omarosa de 'cachorra' em tuíte após vazamento de gravação

Ex-funcionária da Casa Branca disse ter mais áudios do presidente

Donald Trump e Omarosa Manigault durante campanha presidencial americana
Donald Trump e Omarosa Manigault durante campanha presidencial americana - Carlo Allegri - 03.set.16/ Reuters
 
 
São Paulo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, 72, se referiu à ex-assessora da Casa Branca, Omarosa Manigault Newman, como uma “cachorra”, nesta terça-feira (14), em suas redes sociais.

“Quando você dá uma chance a uma louca e chorosa e dá a ela um emprego na Casa Branca, acredito que simplesmente não dá certo. Bom trabalho do general Kelly por demitir rapidamente aquela cachorra!”, escreveu Donald Trump em sua conta do Twitter.


'Fui criado por uma sociedade machista' não é desculpa, diz figurinista que acusou José Mayer

Marido de Kelly Key se torna pai da filha da cantora com Latino após mudança em certidão

'Acho que essa geração já não tem mais jeito', diz Ana Maria Braga sobre futuro político do país


A afirmação acontece dias depois de Omarosa tornar pública uma gravação em que o presidente americano diz não ter sido consultado sobre a demissão da funcionária no ano passado. Ela também afirmou em entrevista à NBC que tem mais gravações que podem ser divulgadas. ​

Demitida em dezembro do ano passado, Omarosa foi a única afro-americana que trabalhou entre os cargos mais altos de funcionários da Casa Branca. Ela se destacou como uma das principais apoiadoras de campanha presidencial de Trump.  

Recentemente, Omarosa disse ter mudado de opinião sobre Trump e afirmou ainda que a nora do presidente Donald Trump lhe ofereceu um contrato de US$ 15 mil mensais (cerca de R$ 58 mil) para ficar em silêncio após a sua demissão, ao que a ex-assessora teria recusado.

Omarosa ficou famosa após participar da primeira temporada do reality show “O Aprendiz” (2004), no qual Trump costumava usar o termo nigger (forma pejorativa de se referir a negros), segundo revelou a ex-assessora.

Nesta segunda-feira (13), Trump também chamou Omarosa de “maluca” e afirmou que a Casa Branca a detestava. Ele ainda comentou que a assessora só dizia coisas excelentes dele, até ser demitida.

Trump já usou a palavra "cão" para insultar pessoas como Mitt Romney e o ex-estrategista-chefe da Casa Branca, Steve Bannon.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias