Você viu?

Pais pintam casa com 'A Noite Estrelada', de Van Gogh, para que filho autista não se perca

Pintura gerou controvérsia mas acabou sendo mantida por decisão judicial

O casal Nancy Nembhauser e Lubomir Jastrzebski com o filho autista, do lado de fora da casa pintada segundo o quadro 'A Noite Estrelada', de Van Gogh
O casal Nancy Nembhauser e Lubomir Jastrzebski com o filho autista, do lado de fora da casa pintada segundo o quadro 'A Noite Estrelada', de Van Gogh - REUTERS

Descrição de chapéu BBC News Brasil

Um casal da Flórida, nos Estados Unidos, adotou uma solução original para evitar que seu filho autista se perdesse ao voltar para casa: contrataram um artista para pintar toda a fachada do imóvel à semelhança do quadro "A Noite Estrelada", uma das obras mais famosas do pintor holandês Vincent Van Gogh.

O filho, de 25 anos, tem fascinação por Van Gogh. "Assim, se ele mencionar a casa de Van Gogh, as pessoas podem ajudá-lo a se localizar", afirmou a mãe Nancy Nemhauser para a agência de notícias Reuters.

 

CIDADE PEDIU QUE PINTURA FOSSE REMOVIDA

A ideia, no entanto, gerou um problema. Em julho deste ano, a prefeitura de Mount Dora, a cidade da Florida onde fica a casa da família, afirmou que o mural violava o código de sinalização da cidade, podendo distrair os motoristas. Pediram que a pintura fosse apagada e que o casal pagasse uma indenização de US$ 10 mil (em torno de R$ 38 mil)

Confrontada com a decisão, Nancy recorreu e afirmou que a Prefeitura estava violando o direito familiar e o direito de liberdade de expressão. Argumentou que a pintura tinha como objetivo ajudar o filho autista.

Na última terça (17), o Conselho Municipal de Mount Dora voltou atrás. Decidiu anular a multa, permitir que a pintura fosse mantida e, além disso, pagar uma indenização para a família no valor de US$ 15 mil (cerca de R$ 56 mil). O prefeito da cidade, Nick Girone, ainda pediu desculpas públicas ao casal.

A casa acabou se tornando uma pequena atração turística na cidade, localizada a cerca de 40 quilômetros de Orlando.

 
BBC News Brasil
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem