Você viu?

Por que Charlotte, filha de Kate e William, entra para a história com nascimento do irmão

Novo herdeiro do trono, cujo nome ainda não foi divulgado, nasceu nesta segunda (23)

Princesa Charlotte nos degraus da escada do Palácio de Kensington, em foto tirada por sua mãe, Kate Middleton
Princesa Charlotte nos degraus da escada do Palácio de Kensington, em foto tirada por sua mãe, Kate Middleton - Divulgação

São Paulo

Mesmo pequena, a princesa Charlotte, 2, entrou para a história. Ela é a primeira mulher na linha de sucessão ao trono a não ser afetada pelo nascimento de um irmão mais novo. O terceiro filho do príncipe William com a duquesa de Cambridge, Kate Middleton, nasceu nesta segunda (23). 

Na linha de sucessão da rainha Elizabeth 2ª está primeiro seu filho Charles, 69, seguido pelo neto, William, 35, e pelo bisneto, George, 4. Charlote é a quarta mas, se não fosse por uma lei aprovada em 2013, ela passaria a ser a quinta com o nascimento do novo irmão.

A lei, intitulada Sucession to the Crown Act 2013, determina que a ordem na sucessão do trono seja estabelecida pelo nascimento dos herdeiros, independente do gênero. A mudança ocorreu enquanto Kate estava grávida de George e determinou que os membros da família real nascidos a partir de outubro 2011 seguiriam a nova regra.

Charlotte nasceu em maio de 2015 e foi a primeira a se beneficiar com a nova legislação. Antes disso, as mulheres eram empurradas para trás com o nascimento de um novo irmão, como aconteceu com a princesa Anne quando seus irmãos Andrew e Edward nasceram. 

O novo herdeiro, no entanto, influencia quem está logo atrás na fila de príncipes. Harry, que antes estava em quinto, passa a ser o sexto na linha de sucessão do trono. 

 
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem