Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

BBB22

BBB 22: Eliezer fala em 'solidão' após eliminação de Natália

Ex-sister afirmou que não pretende levar relacionamento após o programa

BBB 22
Eli no BBB 22 - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Confinado na casa do Big Brother Brasil 22 (Globo), Eliezer afirmou que se sente só após a eliminação de seus aliados no programa, em especial Natália, que deixou a casa mais vigiada do Brasil na noite desta terça-feira (12), com 83,43% dos votos do público.

"Estou com um sentimento meio que de solidão, aqui. Não sei explicar. Talvez seja pelo momento... Já está acabando, estou fragilizado, liderança e não tenho ninguém", desabafou ele em seu Raio-X na manhã desta quarta (13). "Falam: 'Vai curtir o quarto do líder'. Mas curtir o quê? Ficar deitado? Não tenho ninguém para brindar, as pessoas que eu gosto já saíram", completou.

"Saiu mais uma ontem, a Nat. Espero, Nat, que esteja tudo bem. Sonhei muito com o meu sócio, ontem. Saudade grande", continuou ele. Eli ainda disse que espera conseguir ganhar a Prova do Líder desta quinta-feira, e que avalia sua estadia no programa como uma grande vitória.

Por outro lado, Natália afirmou em conversa com a apresentadora Ana Maria Braga, 73, no programa Mais Você (Globo) que não está apaixonada pelo brother, e não pretende continuar o relacionamento fora do reality.

"Era a única pessoa que eu tinha lá dentro para ter um carinho. Paixão é muito forte, eu estava curtindo. Mas não é algo que eu quero trazer para fora", afirmou.

"Agora a página virou", completou ela, que afirmou ser namoradeira, livre e desempedida. "Aqui fora, quero viver minha vida profissional e viver tudo isso". Ela e Eliezer tiveram um relacionamento na casa do Big Brother Brasil 22 (Globo), e chegaram a ir para o edredom algumas vezes.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem